ADVERTISEMENT

VeChain e Universidade de Oxford impulsionam a adoção da blockchain com cooperação

  • A Fundação VeChain e a Universidade de Oxford anunciaram uma expansão da sua parceria, sob a qual ambas fornecerão conjuntamente consultoria científica independente.
  • Ambos os parceiros desenvolveram uma estrutura de avaliação para protocolos de consenso em blockchain para promover a adoção pela indústria.

A Fundação VeChain está expandindo sua cooperação com a Universidade de Oxford. Como anunciado ontem em um post de blog, o Instituto de Matemática da Universidade de Oxford e a Fundação VeChain oferecerão consultoria científica independente. Além disso, ambos os parceiros publicaram um artigo técnico intitulado “AlphaBlock: An Evaluation Framework for Blockchain Consensus Protocols”.

Como o nome sugere, o documento tem como objetivo fornecer uma estrutura de avaliação para protocolos de consenso em blockchain para permitir uma avaliação do desempenho do modelo de consenso em nível industrial. Atualmente, existem modelos teóricos para analisar a segurança de um determinado projeto, mas não há uma maneira estabelecida de avaliar objetivamente o desempenho real de um determinado projeto de consenso.

Isto, de acordo com a Fundação VeChain, cria um problema significativo nos esforços de adoção para a indústria da blockchain. O trabalho de pesquisa, portanto, visa fornecer uma estrutura para avaliar o desempenho de projetos consensuais de blockchains, como diz o anúncio oficial:

A estrutura proposta será uma ferramenta poderosa tanto para a indústria da blockchain quanto para o mundo acadêmico para quantificar o desempenho de um determinado algoritmo de consenso sob diferentes configurações algorítmicas e condições de rede. Com o VeChain e o Instituto de Matemática da Universidade de Oxford AlphaBlock, os profissionais da blockchain poderiam tentar testar seus projetos consensuais sem realmente implementá-lo.

AlphaBlock é baseado no modelo gráfico topológico para mapear os nós da blockchain e a comunicação entre eles. Nesta base, os custos e atrasos de comunicação de blockchain são quantificados e então a produção de dados é avaliada:

[…] analisando quão eficiente é a largura de banda utilizada e a latência de acordo com o atraso da mensagem, o intervalo de blocos e o número de rondas antes da confirmação de um bloco. Estas duas quantidades são usadas como fatores principais para avaliar o desempenho de um projeto consensual.

O documento compara o desempenho geral do Consenso Byzantine Fault Tolerance (BFT) e do Consenso Nakamoto (NC) utilizando a estrutura AlphaBlock.

A busca do VeChain por um modelo de consenso pronto para a indústria

Como a Fundação VeChain explica mais adiante no anúncio, há muito tempo ela está empenhada em melhorar o consenso subjacente da blockchain VeChainThor para o desenvolvimento a longo prazo e a robustez do ecossistema. Os esforços conjuntos de pesquisa com a Universidade de Oxford são “apenas um exemplo da nossa liderança na indústria”.

Em fevereiro de 2020, o Dr. Peter Zhou, cientista líder do VeChain, e o Dr. Zhijie Ren, Pesquisador Sênior do VeChain na blockchain, introduziram o algoritmo de consenso PoA 2.0 SURFACE para redes de blockchain para tornar o VeChainThor blockchain ainda mais atraente para uso empresarial. O modelo de consenso apresentado há meio ano deveria ser “mais seguro, mais específico para o caso, mais adaptável, mais rápido e menos suscetível a hard forks”.

O PoA 2.0 combina as vantagens do Consenso Nakamoto e do consenso Byzantine Fault Tolerance (BFT). O Consenso Nakamoto destina-se a permitir que o VeChainThor blockchain atinja “um desempenho quase ideal de rendimento e latência”, enquanto o Consenso BFT “garante uma consistência (segurança) sem compromissos do ledger mesmo quando a rede é estritamente assíncrona”.

Nuestra mejor recomendación: Comprar Bitcoin, Ethereum, XRP y Cardano a eToro
Brokerddtrgegr
Etoro

✔️ Comprar 15 criptomonedas
✔️ CFD de Bitcoin con apalancamiento
✔️ Seguro hasta 20.000 euros
✔️ PayPal, SEPA, tarjeta de crédito

eToro
**= Aviso de risco: 75% das contas CFD de retalho perdem dinheiro ao negociar CFDs deste fornecedor.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Follow us to the moon!

Send this to a friend