ADVERTISEMENT

Suíça: Nova lei para trazer Bitcoin e blockchain para o grande público

  • O Conselho de Estados suíço aprovou, por unanimidade, uma nova lei da blockchains.
  • A lei permitirá o uso de aplicações com criptomoedas e blockchains facilitar e provavelmente entrará em vigor no início do próximo ano.

A Suíça continua a dar grandes passos no sentido de se tornar o principal centro de criptomoedas e de bloqueio na Europa. Para conseguir isto, o país alpino já introduziu numerosas leis no passado para criar as melhores condições possíveis para o cenário inicial no país. Ontem, a Suíça aprovou uma nova lei de longo alcance que abre ainda mais as portas para as criptomoedas.

Como foi anunciado ontem, após o Conselho Nacional, o Conselho de Estados, a segunda câmara da Assembléia Federal Suíça após o Conselho Nacional, votou a favor da nova lei da blockchains com um esmagador voto de 42 a 0. Embora as emendas ainda tenham que ser submetidas à votação final no final de setembro, isto parece ser uma mera formalidade, de modo que a lei provavelmente entrará em vigor no início do próximo ano.

Basicamente, a Lei Blockchain destina-se a criar mais segurança legal e menos obstáculos para as aplicações da blockchain e a minimizar o abuso. Em outras palavras, a lei visa mover as criptomoedas e a tecnologia da blockchain para o mainstream. Para este fim, a lei cobre a troca de títulos digitais e estabelece padrões para trocas criptomoedas.

Em termos concretos, por exemplo, deveria haver facilitação para os fornecedores que atendem apenas clientes institucionais ou profissionais. No futuro, eles não terão que se unir a um gabinete de ouvidoria. Além disso, uma nova estrutura para a operação comercial da infra-estrutura DLT será criada para limitar o risco de abuso. Além disso, a separação das criptomoedas da massa falida será legalmente esclarecida.

A exposição de motivos do projeto de lei também declara:

A fim de colocar a negociação de direitos por meio de registros eletrônicos resistentes à manipulação em uma base legal segura, é proposta uma adaptação da lei de valores mobiliários. Como conseqüência, a interface para a nova categoria de títulos da lei de valores mobiliários escriturais terá que ser regulada por ajustes seletivos. […]

Na lei de infra-estrutura do mercado financeiro, é criada uma nova categoria de autorização para os sistemas comerciais DLT. Isto se destina a criar uma estrutura legal apropriada e flexível para as novas formas de infra-estrutura do mercado financeiro que são possíveis devido aos desenvolvimentos tecnológicos

A Suíça lidera a revolução criptomoedas na Europa

Entretanto, a Suíça não é o primeiro país da Europa a promulgar uma legislação abrangente sobre a blockchain. Malta e Liechtenstein têm uma base legal sólida há muito tempo, mas a Suíça é um dos países mais fortes financeiramente na UE. Como relatado pela CNF, numerosos bancos suíços já se mostraram abertos a criptomoedas nos últimos meses.

Por exemplo, bancos suíços como Seba e Sygnum oferecem custódia e negociação de criptomoedas. Além disso, os bancos suíços UBS e Credit Suisse participaram de tentativas de pagamento em blockchain. Ainda ontem, Charles Hoskinson, o inventor do Cardano, referiu-se a uma passagem no projeto de lei que descrevia tanto Cardano quanto Algorand como promissoras soluções de blockchain e uma possível opção para registros eletrônicos distribuídos.

Nuestra mejor recomendación: Comprar Bitcoin, Ethereum, XRP y Cardano a eToro
Brokerddtrgegr
Etoro

✔️ Comprar 15 criptomonedas
✔️ CFD de Bitcoin con apalancamiento
✔️ Seguro hasta 20.000 euros
✔️ PayPal, SEPA, tarjeta de crédito

eToro
**= Aviso de risco: 75% das contas CFD de retalho perdem dinheiro ao negociar CFDs deste fornecedor.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Folge uns auf den Mond!

Folge uns auf den Mond!

Send this to a friend