ADVERTISEMENT

Stellar Lumens: Banco Alemão von der Heydt tokeniza títulos na blockchain

  • Um dos bancos alemães mais antigos, von der Heydt, irá confiar na blockchain Stellar Lumens para tokenizar títulos.
  • Em cooperação com BitBond, o banco também vai lançar uma stablecoin Euro.

O Bankhaus von der Heydt, um dos bancos mais antigos da Alemanha, está expandindo seu compromisso no campo das criptomoedas e da blockchain. Como a empresa anunciou em comunicado oficial, o banco usará a blockchain Stellar para tokenizar títulos. A decisão de contar com a blockchain da Stellar Lumen não deve surpreender, uma vez que foi criada para bancos como o XRP Ledger da Ripple.

Para a implementação, o banco sediado em Munique juntou-se a empresa BitBond sediada em Berlim, que recebeu aprovação da Autoridade Federal de Supervisão Financeira Alemã (BaFin) em janeiro de 2019 para realizar a primeira pública Security Token Offering (STO – emissão de títulos) e realizou a primeira STO alemã no primeiro semestre de 2019. Seguindo uma mudança no modelo de negócios, a Bitbond agora oferece serviços como empréstimos e tokenização.

O Bankhaus von der Heydt utiliza este serviço desde 2019 como parte de uma solução de custódia de criptomoedas. No âmbito do novo projeto, o banco quer mapear títulos e obrigações na blockchain. Segundo Radoslav Albrecht de Bitbond, von der Heydt é um dos primeiros na Alemanha a utilizar a tecnologia blockchain para a venda de títulos.

A blockchain Stellar é, assim, utilizada para a venda de títulos, que von der Heydt irá oferecer a clientes institucionais através de colocações privadas. Segundo o banco, a tokenização via Stellar simplificará assim a venda e eliminará os custos:

As ações podem ser negociadas diretamente e sem intermediários, tornando o financiamento muito mais barato e menos complicado.

No entanto, os tokens só serão disponibilizadas através de colocações privadas e permanecerão inacessíveis ao público. Além disso, os investidores poderão comprar uma Euro Stablecoin no futuro, que também será emitida por von der Heydt e poderá então ser convertida em títulos tokenizados.

Os clientes poderão trocar os Euros “tradicionais” pelo Euro Stablecoin, que também poderá ser armazenado na solução de custódia do banco. Espera-se que o Euro Stablecoin permita aos clientes do banco beneficiarem de processos mais rápidos e transparentes. Está previsto o lançamento de uma versão produtiva no início de abril.

Os bancos alemães revelam o seu interesse nas criptomoedas

Recentemente, parece que a Alemanha está se tornando uma nova meca para as criptomoedas. No final do ano passado, foi aprovada uma lei que entrou em vigor no dia 1 de janeiro e obriga todas as bolsas de criptomoedas e depositários de criptomoedas a solicitarem uma licença da Autoridade Federal de Supervisão Financeira (BaFin). O efeito positivo disso foi a legitimação do mercado de criptomoedas, razão pela qual 40 bancos comerciais já solicitaram a licença, segundo um relatório de Handelsblatt.

O uso da blockchain de Stellar Lumens pelo von der Heydt é outra boa notícia da Alemanha, indicando que a tecnologia blockchain está encontrando mais aplicações e maior aceitação.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Libertex ribbon

Follow us to the moon!

Send this to a friend