Stellar: Fundação lança seu roteiro de três pilares 2021

  • A Fundação Stellar revelou que se concentrará em aumentar o número de entidades que se baseiam em sua blockchain e o volume de transações.
  • Os três pilares estão sustentando a robustez e a usabilidade, tornando a Stellar a blockchain e os pagamentos transfronteiriços mais confiáveis.

A Stellar Development Foundation (SDF), a organização sem fins lucrativos que apóia o desenvolvimento e o crescimento da blockchain Stellar, divulgou seu roteiro para 2021. O roteiro está voltado para o crescimento do ecossistema, focalizando os desenvolvedores, os usuários e o volume de transações.

Ao anunciar o roteiro, Denelle Dixon, CEO da SDF, revelou que a Fundação valoriza a transparência. “É por isso que quero compartilhar com todos vocês o roteiro de 2021, delineando nossa visão para o nosso trabalho de apoio e crescimento da rede Stellar no ano que vem”, declarou ela.

Os três pilares para o crescimento

O primeiro pilar da SDF para 2021 está apoiando a robustez e a usabilidade da Stellar. Ele procurará garantir que a blockchain seja utilizável, segura, escalável e robusta o suficiente para suportar todos os casos de uso existentes e futuros.

A primeira área de foco será apoiar os estojos de uso superior que estão sendo construídos em Stellar. A SDF também investirá na segurança e resiliência do Stellar Core e de seu servidor API voltado para o cliente, Horizon.

Em 2021, investiremos em mudanças técnicas e processuais que tornarão a rede ainda mais segura e resiliente. Isso protege os participantes existentes do Stellar contra riscos e ajuda a atrair novas empresas que podem estar desconfiadas de usar novas tecnologias.

De acordo com o primeiro pilar, a Fundação também melhorará a liquidez da rede. A capacidade de converter ativos de forma eficiente é o que permite que os usuários interajam uns com os outros, conforme o roteiro. A SDF já começou a trabalhar neste objetivo, recentemente investindo US$ 5 milhões na empresa de pagamentos em blockchain Wyre.

Como informou a Crypto News Flash, a inicialização trará melhores rampas para os usuários da Stellar. A Fundação também está preparada para integrar a segunda maior moeda estável, USDC no primeiro trimestre deste ano. Isto aumentará ainda mais a liquidez no ecossistema. O segundo pilar para 2021 será a promoção de casos de uso Stellar para pagamentos transfronteiriços e ativos securitizados.

Continuaremos a trabalhar dentro do ecossistema para aumentar em 5x as transações relevantes. Há uma necessidade inegável de criar novos corredores de pagamento na Stellar. Abriremos pelo menos 4 novos corredores de pagamento ao embarcar âncoras e trabalhar com o ecossistema para criar relacionamentos dentro da rede de âncoras.

Fazendo da Stellar a blockchain em que todos confiam

Com a blockchain sendo uma tecnologia relativamente nova, a maioria das pessoas, e especialmente as empresas, ainda não confiam plenamente nela. Esta é uma área na qual a Fundação quer se concentrar em 2021. De acordo com seu terceiro pilar, ela se concentrará em fazer do Stellar o povo da blockchain conhecido e confiável.

A SDF quer alcançar isso através da comercialização do Stellar e de seus estojos de uso superior para impulsionar a expansão do ecossistema. Também defenderá o desenvolvimento de uma legislação que possa criar estabilidade para a implantação de blockchain o.

Trabalharemos para estabelecer que as instituições financeiras em todo o mundo possam utilizar de forma confiável e legal a tecnologia da blockchain. Faremos isso através da educação, parcerias com governos e defesa da legislação que traz clareza ao cenário regulatório, deixando amplo espaço para a inovação.

About Author

Steve has been a blockchain writer for four years, and a crypto enthusiast for even longer. He is most excited by the application of blockchain to solve the challenges facing developing nations.

Os comentários estão encerrados.