SEC vs. Ripple: Deaton para intervenção de titulares de XRP como réus de terceiros

  • John E. Deaton apresentou ontem uma moção para intervir no caso Ripple contra a SEC em nome de 6.000 investidores do XRP até o momento.
  • Se a moção for aprovada pela juíza Torres, os detentores do XRP poderão comparecer como réus de terceiros no processo.

Como informou a CNF, a petição de John E. Deaton em nome de todos os titulares de XRP contra a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) ganhou significativa atenção e destaque nos últimos dias. Com sua petição, Deaton não apenas expôs a inconsistência e ambiguidade da SEC em seu raciocínio, mas agora também se aplica a tornar-se “parte” do processo da SEC para dar voz aos investidores da XRP.

Para tanto, Deaton, sócio gerente do escritório de advocacia, apresentou ontem uma “moção pró-hac vice e moção para intervir em nome dos detentores de XRP” no litígio da Ripple com a SEC, ontem. Na carta ao Juiz Analisa Torres, Deaton diz ter sido contatado por mais de 6.000 membros da comunidade:

Os Intervenientes Propostos, detentores de XRP, são um grupo de não-partes referenciados na Resposta da Ripple. Embora eu não tenha sido contatado por milhões de portadores de XRP referenciados na resposta da Ripple, fui contatado por bem mais de seis mil desses portadores de XRP solicitando que suas vozes individuais e coletivas fossem ouvidas.

Se a moção do Juiz Torres for aprovada, os titulares de XRP, representados pela Deaton, poderão comparecer como réus de terceiros no caso entre a Ripple e a SEC para proteger seus próprios interesses.

Deaton fará a balança da Ripple e da XRP?

Como declarado em um comunicado de imprensa no site da Deaton CryptoLaw, o processo da SEC contra a Ripple e seus executivos causou mais de US$ 15 bilhões em perdas para os detentores de XRP. Deaton, portanto, apresentou uma petição para um Mandado de Segurança no tribunal federal distrital de Rhode Island em 1.º de janeiro de 2021, instando a SEC a emendar sua queixa para limitar o impacto sobre os detentores de XRP.

Em 5 de março, a SEC respondeu com uma moção para rejeitar a petição, argumentando que “o Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Sul de Nova Iorque é o único fórum” para determinar o status de segurança ou não segurança do XRP. Portanto, Deaton agora pede para intervir:

Se o Distrito Sul de Nova Iorque é o local exclusivo para decisões que já provaram ter um impacto maciço sobre os detentores de XRP e que provavelmente definirão o rumo para o futuro de todas as criptomoedas nos Estados Unidos, então é para lá que devemos ir. […]

Ripple, Larsen e Garlinghouse estão focados na defesa de seus interesses contra o ataque da SEC, e os US$ 1,3 bilhão que a agência lhes solicitou em danos. Não lhes cabe defender os meus, nem os interesses de qualquer outro detentor do XRP. Não compramos a XRP deles, nem consideramos o sucesso da Ripple como empresa quando a compramos. Cabe a nós nos defendermos contra a SEC.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.