Rumores sobre a parceria entre Ripple e Bank of America reacenderam novamente

  • Em um podcast, um executivo sênior do Bank of America elogiou a Ripple e assim reacendeu os rumores de uma parceria.
  • Como Julie Harris explicou, a Ripple cumpre as rígidas diretrizes legais e de conformidade do Bank of America.

Qualquer pessoa que esteja no espaço cripto há muito tempo e esteja a acompanhar as notícias em torno do Ripple e da criptomoeda XRP certamente está ciente dos rumores sobre uma possível parceria entre o Bank of America e o Ripple. Já no final de fevereiro a CNF publicou um relatório sobre o tema, que teve que ser apagado devido à demanda dos representantes legais da Ripple.

Na ocasião, um documento foi divulgado e publicado via Twitter, segundo o qual o segundo maior banco dos EUA, o Bank of America, havia aderido à RippleNet. Como relatamos na época, há alguns fatos que sugerem que o boato é verdadeiro. Na verdade, o Bank of America já está a testar calmamente os livros contábeis distribuídos do Ripple como parte de um projeto-piloto, como foi anunciado em outubro passado.

Além disso, o Bank of America faz parte do Ripple’s Global Payment Steering Group desde 2016. Por último, mas não menos importante, em julho de 2019, o Bank of America registrou uma patente descrevendo um sistema internacional de pagamento em tempo real que depende da Distributed Ledger Tecnology (DLT) da Ripple.

Nova entrevista faz rumores se reacenderem

Num novo podcast, uma executiva do Bank of America Ripple, Julie Harris, elogiou a tecnologia da Ripple e a empresa por sua capacidade de fornecer serviços de qualidade. Harris afirmou que a conformidade regulamentar da Ripple torna a empresa Fintech um parceiro de escolha, citando a Ripple no mesmo fôlego da SWIFT. Notavelmente, ela também disse que a Ripple atende às rígidas diretrizes legais e de conformidade do Bank of America (traduzido livremente):

[…] não se trata de nossa plataforma e nossas capacidades, trata-se de você como cliente e da infra-estrutura que você tem e da capacidade de nos integrar, seja com plataformas e capacidades que construímos ou parcerias que temos com pessoas como a Ripple ou a Swift. Estes são os Fintechs com os quais trabalhamos. Eles atenderam a todos os nossos rigorosos requisitos legais e de conformidade, e somos capazes de usar nosso negócio bancário como uma plataforma para oferecer isso a você.

Por mais alta que a notícia para o Ripple e XRP possa parecer, é importante notar que a Harris não forneceu mais detalhes sobre a potencial parceria com o Ripple. Em relação a uma possível utilização do RippleNet ou mesmo da On-Demand Liquidity, portanto, do token XRP, a Harris não disse uma palavra. Um anúncio oficial da Ripple ou do Bank of America ainda está pendente.

No entanto, a explicação de Harris é notável. Os elogios ao Ripple mostram que o Ripple está no caminho certo nos seus esforços para estar em conformidade com o quadro legal nos Estados Unidos.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.