ADVERTISEMENT

Informe: O XRP de Ripple é perfeitamente adequado para a moeda digital suportada pelo banco central

  • Um relatório do Fórum Económico Mundial sobre “Moedas Digitais do Banco Central (CBDC)” descreve que a ficha XRP de Ripple é perfeitamente adequada para este fim.
  • De acordo com Brad Garlinghouse, outras moedas de destaque, como a Moeda JPM não resolvem o problema das transferências transfronteiriças.

Um estudo do Banco de Compensações Internacionais (BIS) mostrou que uma moeda digital de banco central (CBDC) é apoiada pelos governos, especialmente em mercados emergentes com economias pouco desenvolvidas. Além disso, mais de 80% dos 66 bancos centrais pesquisados já estão trabalhando de alguma forma no desenvolvimento de uma CBDC. Além disso, 40% dos bancos pesquisados passaram de uma fase conceitual para uma fase experimental em seus projetos. Este número representa um aumento significativo em relação a 2018.

O XRP de Ripple é um candidato potencial

Em regiões com uma infra-estrutura mal desenvolvida para serviços bancários, remessas rápidas e ao mesmo tempo baratas podem assegurar a sobrevivência de muitas pessoas que muitas vezes não têm acesso suficiente a uma conta bancária. Um novo relatório do Fórum Económico Mundial sobre “Moedas Digitais do Banco Central (CBDC)” descreve que as moedas digitais proeminentes podem ser o JPM Coin ou o XRP de Ripple.

A Moeda JPM é uma moeda estável que está ligada ao valor do USD e, portanto, não está sujeita a grandes flutuações. Além disso, a Moeda JPM é emitida em uma blockchain privada controlada pelo JPM Morgan Bank, que é operada sob o Quorum Interno da Força Tarefa de Blockchain do Banco, e só pode ser utilizada por empresas e bancos selecionados.

O token XRP está sujeito às flutuações de preço do ativo digital e atua como uma moeda ponte para transportar um valor digital de um extremo ao outro do mundo, quase em tempo real e a baixo custo. Quer a moeda base seja o USD ou o Peso Mexicano, o XRP transfere o valor de forma transparente e rápida.

Brad Garlinghouse, CEO da Ripple, declarou recentemente em uma entrevista que tem grandes dúvidas de que a moeda JPM Coin prevalecerá com outros bancos:

O JPM coin será executado em uma rede blockchain chamada Quorum, que requer permissões e os usuários devem ser aprovados pelo JP Morgan. “Todos os outros bancos vão usá-lo com certeza! Eles certamente vão pedir aos seus clientes para abrir uma conta no JPM também. A sério?

Ele descreve ainda que a JPM Coin só pode ser usada para transações de USD para USD, economizando taxas de transação e tempo de transferência, mas não oferece outras vantagens em comparação com uma transferência bancária clássica:

Se você está apenas se movendo dentro do JPM ledger, e tem que ser dólar por dólar, um por um, não entendo que problema isso resolve.

Marjan Delatinne, Chefe da Global Banking de Ripple, também descreve que os bancos regionais estão “famintos” por uma mudança que irá beneficiar não só as grandes instituições bancárias, mas também os bancos de médio porte. Em uma entrevista publicada no final do ano passado, ela diz:

[…] mas o que é evidente com os bancos regionais e também com os prestadores de serviços de pagamento é que eles estão famintos por mudanças e por ter uma vantagem competitiva. Esse é realmente o motor: ser capaz de obter liquidez a pedido e proporcionar uma experiência em tempo real em termos de pagamentos transfronteiras.

As soluções de pagamento da Ripple destinam-se precisamente a estes participantes do mercado, pelo que não é de surpreender que o volume de transacções através das soluções de pagamento oferecidas pela Ripple esteja a atingir um novo recorde em vários corredores de pagamento. A Liquidez On-Demand (ODL), que depende do token XRP da Ripple, também registrou um aumento de volume de mais de 390% no quarto trimestre do ano passado.

JPMorgan considera fusão com o estúdio de desenvolvimento Ethereum ConsenSys

Como a Crypto News Flash já relatou, há conversações de negociação entre o estúdio de desenvolvimento Ethereum ConsenSys e o gigante bancário JP Morgan. O JPMorgan emprega actualmente uma equipa de desenvolvimento de quase 25 pessoas para o projecto Blockchain Quorum. O Quorum forma a base da Rede Interbancária de Informação (IIN) do JPMorgan, que foi expandida para uma rede de 320 bancos que trocam dados de pagamentos globais através da Blockchain.

O desenvolvimento conjunto de novos produtos baseados na blockchain pode, portanto, ter efeitos de longo alcance sobre o panorama bancário dos Estados Unidos. Através da cooperação com a ConsenSys, que ainda não foi finalmente confirmada, o JP Morgan poderia trazer mais conhecimentos especializados sobre a blockchain a bordo.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

Last updated on

About Author

Collin Brown

Collin é um investidor Bitcoin do início da hora e um investidor de longa data no mercado de criptomoedas e forex. Ele está fascinado pelas complexas possibilidades da tecnologia blockchain e tenta tornar a matéria acessível a todos. Seus relatórios se concentram em desenvolvimentos sobre a tecnologia para diferentes criptomoedas.

Os comentários estão encerrados.

Suivez nous sur la Lune!

Send this to a friend