ADVERTISEMENT

Ripple vs. SEC: Tribunal concede permissão à Deaton para apresentar intervenção

  • Os detentores do XRP puderam celebrar uma vitória contra a SEC, já que o tribunal concedeu permissão para apresentar uma moção para intervir.
  • O prazo de apresentação é 19 de abril, com comentários da SEC e da Ripple devido ao tribunal até 3 de maio.

O advogado John E. Deaton e os titulares do XRP reivindicaram ontem uma importante primeira vitória parcial em relação à intervenção na ação judicial entre a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) e a Ripple. Depois que Deaton apresentou uma petição formal de pré-queixa, ele recebeu permissão para apresentar uma moção de intervenção no caso em andamento em nome de mais de 10.500 detentores de XRP. Em sua ordem, a Juíza Analisa Torres também decidiu sobre o cronograma.

De acordo com a decisão, a moção de intervenção deve ser apresentada até o dia 19 de abril. Depois disso, a SEC, como requerente, deve apresentar seu documento de oposição, e Ripple, Garlinghouse e Larsen devem apresentar seu documento de resposta no tribunal até 3 de maio, se disponível. Novamente, duas semanas depois, em 17 de maio, Deaton tem que enviar sua resposta ao documento de oposição da SEC e a resposta de Ripple à juíza Torres, se houver.

Para a comunidade XRP, esta é uma grande vitória parcial, enquanto que para a SEC é uma estrondosa derrota, especialmente porque o regulador já defendeu veementemente uma negação. Mesmo que a juíza Torres não tenha concedido a moção (ainda), ela rejeitou os argumentos da SEC de que deveria ser negada aos detentores do XRP a oportunidade de apresentar a moção.

Como informou a CNF, a SEC e a Ripple arquivaram seus documentos de posição sobre a intervenção da Deaton há alguns dias. O regulador argumentou que Deaton não está explicando quais reivindicações ele quer fazer. A SEC também argumentou que não é responsável. Argumentalmente a afirmação mais controversa e enganosa da SEC, no entanto, foi que Deaton e os intervenientes estão apenas preocupados com uma nova lista de trocas criptomoedas para poder “negociar XRP especulativamente novamente”.

Reagindo a isto, Deaton declarou via Twitter que a carta da SEC para o Juiz Torres era “a carta mais enganosa” que ele já havia lido submetida a um tribunal.

Tenreiro está claramente tentando me fazer parecer mal, alegando que minha motivação em tentar intervir é para obter lucros. Quando li isso, disse para mim mesmo: “Eu não falo do preço do #XRP – de que diabos ele está falando?A verdade é que eu nunca disse que o propósito da recolocação na lista era para valorização do preço ou algo próximo a isso. Mas é isso que ele afirma que eu disse. Eu procurei. O comentário que fiz foi sobre a probabilidade de que a SEC informasse às bolsas que poderiam fazer uma nova lista.

Como Deaton discutiu, há outros exemplos em que a SEC distorce ou contextualiza mal as palavras do advogado para influenciar o tribunal e fazer com que as intenções de Deaton e dos detentores do XRP pareçam ruins.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.