Ripple vs. SEC: Tribunal concede moções de demissão e greve, estabelece cronograma

  • A juíza Torres concedeu à Garlinghouse e Larsen a moção de licença para apresentar uma moção de demissão.
  • Entretanto, a Juíza Torres também aprovou a moção da SEC para atacar a defesa “justa” da Ripple.

O CEO da Ripple Brad Garlinghouse e o Presidente Executivo Chris Larsen receberam ontem o direito de apresentar suas moções de demissão. Como informou a CNF, Garlinghouse e Larsen apresentaram uma carta em 3 de março, indicando sua intenção de apresentar uma moção de demissão da queixa emendada da SEC contra eles.

O advogado Jeremy Hogan declarou a respeito da carta que a falta de argumento “cientista” – o fato de o ato ter sido intencionalmente cometido – poderia ser um argumento vencedor para Garlinghouse e Larsen. “Eles [a SEC]não serão capazes de prová-lo porque nem o governo federal o sabe” A SEC, entretanto, discorda e, uma semana depois, enviou uma carta à juíza Torres do Distrito Sul de Nova Iorque explicando porque o indeferimento das reclamações individuais contra Garlinghouse e Larsen é impróprio.

O documento da Juíza Torres, publicado ontem no CourtListener, aprova o arquivamento das moções de demissão.

A Corte analisou as cartas das partes datadas de 3, 9, 10, 12 e 16 de março de 2021, […]. Assim, o pedido de licença dos réus Garlinghouse e Larsen para apresentar uma moção de demissão é CONCEDIDA.

Além disso, a Juíza Torres estabeleceu inúmeros prazos para novos procedimentos. A Garlinghouse e a Larsen devem apresentar suas moções de demissão até 12 de abril; a SEC deve apresentar suas moções de demissão até 14 de maio de 2021; e a Garlinghouse e a Larsen devem apresentar suas respostas, se houver, até 4 de junho de 2021.

A SEC permitiu a apresentação de uma moção para atacar a defesa de Ripple

Entretanto, Torres também concedeu à SEC o pedido de permissão para apresentar uma “moção para greve” A agência arquivou uma carta em março de 09 declarando as duas principais estratégias de defesa da Ripple Labs, “Due Process” e “Fair Notice”, como “impróprias”. De acordo com o órgão regulador, não era necessário emitir avisos sobre violações em meio a uma investigação não pública.

Como o advogado Jeremy Hogan explicou em um tweet, uma vitória da SEC sobre este ponto seria um grande golpe. Por outro lado, a SEC parece querer eliminar estas defesas de Ripple “porque está preocupada com elas”. Seria um golpe para a Ripple se ela fosse removida. […] A SEC quer que seja feito rapidamente porque há fatos que eles não querem que sejam descobertos”, disse Hogan.

Na carta divulgada ontem, a Juíza Torres declarou:

O pedido de licença para apresentar uma moção de greve é CONCEDIDO.

A SEC deve apresentar a moção para greve até 22 de abril. Até 13 de maio de 2021, a Ripple Labs tem que apresentar sua oposição, enquanto a SEC terá até 27 de maio para apresentar sua resposta, se necessário.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.