ADVERTISEMENT

Ripple está à beira de ganhar os processos individuais da SEC? Advogado explica por que

  • Brad Garlinghouse e Chris Larsen apresentaram, cada um, uma carta declarando sua intenção de apresentar uma moção para indeferir a queixa emendada da SEC.
  • De acordo com o advogado Jeremy Hogan, há um argumento vencedor que resultará na vitória da Ripple nos processos individuais

Há notícias a relatar mais uma vez da batalha legal entre a Ripple e a Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio dos EUA (SEC). Há algumas horas, tanto Brad Garlinghouse quanto Chris Larsen apresentaram uma carta para indeferir a reclamação emendada da SEC. Como informou a CNF, a SEC emendou sua declaração de reclamação devido a uma suposta falta de base factual. Através do Twitter, Brad Garlinghouse anunciou agora:

Hoje, uma carta foi apresentada em meu nome, indicando minha intenção de apresentar uma Moção de Demissão em resposta à reclamação emendada da SEC contra mim. Simplificando, as alegações da SEC são um exagero na regulamentação. A carta fala por si mesma.

A carta é uma carta de moção de pré-preenchimento, limitada a quatro páginas, e foi solicitada pela juíza Torres. Como Jeremy Hogan, o “advogado favorito” da comunidade XRP comentou em um novo vídeo (isenção de responsabilidade: nenhum conselho legal ou financeiro), Torres dirá aos co-fundadores da Ripple “assim que receber as cartas, ela lhes dirá quando e como apresentar as moções legais”.

Além disso, Hogan enfatizou que o resultado da moção não tem que ser dispositivo do litígio. “Você pode perder as moções de demissão e acabar vencendo o processo”, disse Hogan. Além disso, é importante entender que os advogados da Garlinghouse e da Larsen devem mostrar que “mesmo que todas as alegações no processo sejam consideradas verdadeiras, mesmo assim, a ação judicial não mostra um caso possível”.

Os argumentos dos co-fundadores da Ripple

O primeiro argumento está no final da primeira página. Os advogados dos co-fundadores da Ripple argumentam que o XRP não é uma segurança. No entanto, Hogan diz que este é o argumento mais fraco da carta, pois há muitos fatos neste ponto do litígio para que este argumento se mantenha firme. O segundo argumento, por outro lado, é “excitante, forte, e sobre o cientista”, disse Hogan. A carta de Ripple afirma:

A Reclamação emendada falha em Alegar Adequadamente Cientista, um Elemento Necessário da Reclamação de Ajuda e Cúmplice. A reclamação emendada alega que o Sr. Garlinghouse ajudou e foi cúmplice das vendas não registradas de XRP da Ripple. Embora as violações da Seção 5 não exijam uma demonstração de cientista, a cumplicidade e a cumplicidade são necessárias.

A SEC tem o ônus de demonstrar que o Sr. Garlinghouse sabia ou ignorou imprudentemente que ele estava se associando a algo “impróprio” e, no entanto, “ajudou substancialmente” a Ripple a cometer essa violação.

Hogan explicou que a falta de argumento cientista – o fato de que o ato foi intencionalmente cometido – poderia ser um argumento vencedor para Garlinghouse e Larsen. “Eles não serão capazes de prová-lo porque nem mesmo o governo federal o sabe”, disse ele.

Um ponto que a equipe jurídica da Ripple faz a este respeito é que em 2015, quando a Garlinghouse se juntou à Ripple como COO, ele entrou em um acordo de execução pública com o Departamento de Justiça e FinCEN, que é uma divisão do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos e parte do governo dos Estados Unidos. A base foi que o XRP é uma “moeda virtual”, enquanto o Ripple “concordou em tomar medidas corretivas aplicáveis às transações de moeda e inaplicáveis às transações de títulos”, de acordo com a carta.

Além disso, desde a conferência pré-julgamento, sabemos que um grande intercâmbio tem se aproximado da SEC sobre se o XRP é uma segurança. Como Hogan o resumiu, a SEC disse: “Ainda não sei”. A SEC terá, portanto, uma dificuldade incrível para provar que Garlinghouse e Larsen “ou sabiam, ou desprezavam imprudentemente” que o XRP era uma segurança. Hogan concluiu:

Eu normalmente não diria isso. Eu não gosto de fazer esse tipo de especulações, mas realmente acho que a SEC tem um grande problema aqui, nesta questão. Acho que o indivíduo que defende o auxílio e a cumplicidade se aplica estão fora. Sabe, posso estar errado.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.