ADVERTISEMENT

Ripple ameaça deixar os EUA, adverte sobre a liderança inovadora da China

  • A Ripple está considerando mudar sua sede para o Reino Unido, Suíça, Cingapura ou Japão se o ambiente regulatório nos Estados Unidos permanecer hostil.
  • Chris Larsen adverte que o dólar americano pode perder seu status como moeda de reserva mundial.

O co-fundador da Ripple, Chris Larsen, deixou claro em uma entrevista ontem na LA Blockchain Summit que a empresa poderia deixar os Estados Unidos se o ambiente regulatório continuar hostil às empresas de cripto e blockchain. Na entrevista com Jeff Hohn Robert, da revista Fortune, Larsen revelou sua frustração com o ambiente regulatório, citando a Securities and Exchange Commission como o principal culpado pela hostilidade e incapacidade de regular o setor de criptomoedas.

Por fim, Larsen advertiu que a Ripple está prestes a transferir sua sede para o exterior em resposta à regulamentação excessiva. Ele acrescentou que quase todos os outros países oferecem um clima regulatório mais favorável para a criptomoeda do que os EUA, mas citou o Reino Unido, Suíça, Singapura e Japão como os destinos mais prováveis se a Ripple deixar os EUA.

Ele acredita que o possível êxodo da Ripple não acabará com a influência dos Estados Unidos sobre muitos de seus serviços. Entretanto, será um alívio ter outro país e não os EUA como o principal regulador, disse Larsen. Com relação à falta de regulamentação e à saída dos EUA, Larsen afirmou ainda:

Mas tudo o mais ainda está no limbo ou pior tipo de regulamentação através da aplicação da lei. A mensagem que existe – a blockchain, as moedas digitais não são bem-vindas nos EUA. Se você quer estar neste negócio, provavelmente deveria ir a outro lugar. Para ser honesto com você, estamos até mesmo pensando em mudar nossa sede para uma jurisdição muito mais amigável, você conhece muitos deles: Reino Unido, Suíça, Cingapura, Japão e isso é uma vergonha.

O dólar americano pode perder o status de moeda de reserva mundial

Larsen também ressaltou que a hostilidade do governo americano em relação às empresas criptomoedas dá à China a vantagem quando se trata de inovações no campo de uma moeda digital. Como resultado, os EUA podem perder a liderança do sistema financeiro global para a China. Por fim, o dólar americano pode perder seu status como moeda de reserva mundial, disse Larsen:

Infelizmente, acho que os EUA estão bem atrasados em relação ao que será a próxima geração de um sistema financeiro global. Temos estado nesta posição incrivelmente afortunada em que os EUA têm sido os administradores do sistema global. […] Mas estamos sendo desafiados de uma forma importante. […] Estamos em uma guerra tecnológica com a China e isso vai além do espectro, se for comunicação, vigilância, grandes dados, AI, mas também blockchain e ativos digitais.

E a razão é que a China reconheceu que essas tecnologias são a chave para quem vai controlar o sistema financeiro do próximo geração. A SWIFT e os bancos correspondentes não serão o sistema com o qual vamos viver nas próximas duas décadas. […] Eu digo que a China está louca para ser a que projeta este sistema da próxima geração.

Larsen também expressou sua esperança de que um governo democrático pudesse criar um clima regulatório mais favorável e assim trazer de volta aos mineiros americanos que atualmente residem na China. Ele também advertiu contra o poder da China em vista do domínio do poder do hash da rede Bitcoin pelos mineiros chineses:

Eles controlam a mineração, toda a Prova de Trabalho. A mineração é controlada pela China: Se você olhar para a mineração Bitcoin, é cerca de 65% […] Quero dizer, alguém tem alguma dúvida de que um mineiro chinês está sob o controle do Partido Comunista Chinês? Absolutamente não. E os mineiros são mestres, certo. Eles podem reescrever a história, se quiserem, e as transações. Tão grande vantagem.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Libertex ribbon

Follow us to the moon!

Send this to a friend