ADVERTISEMENT

Ripple a ser processado pela SEC por venda de XRP

  • A SEC processará a Ripple por causa da venda não registrada do XRP como garantia.
  • O CEO Brad Garlinghouse disse que a Ripple pretende combater a ação judicial.

O CEO daRipple Brad Garlinghouse disse à revista Fortune há algumas horas que espera que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) ajuize uma ação judicial contra a Ripple em breve. A acusação será a venda não registrada do XRP, que a SEC está procurando classificar como um título.

Assim, depois de anos de processos contra a Ripple para classificar o XRP como uma segurança, provavelmente haverá uma resposta em 2021. Como disse Garlinghouse à revista Fortune, a SEC processará a Ripple Labs, assim como o co-fundador Chris Larsen e ele próprio. Espera-se que a ação judicial seja ajuizada no tribunal federal distrital.

Ripple irá lutar contra a ação judicial

Como a Garlinghouse afirmou, a Ripple se defenderá contra a ação judicial iminente. Em uma declaração preparada no site oficial, o CEO da Ripple Labs disse que o Departamento de Justiça e a FinCEN já determinaram em 2015 que o XRP é uma moeda virtual. Outros reguladores do G20 fizeram o mesmo, sem que nenhum outro país classificasse o XRP como uma segurança.

Além disso, a Garlinghouse chamou a decisão de “um ataque contra toda a indústria criptomoedas e a inovação americana” Ele também questionou a motivação da SEC e de seu presidente cessante, Jay Clayton, para levar a ação apenas alguns dias antes de uma mudança na administração dos EUA. Nesse sentido, o CEO da Ripple escreveu em vários tweets:

Hoje, a SEC votou para atacar o criptomoeda. O presidente Jay Clayton – em seu ato final – está escolhendo vencedores e tentando limitar a inovação dos EUA na indústria de criptomoedas à BTC e ETH. A SEC – desfasada de outros países do G20 e do resto do governo dos EUA – não deve ser capaz de escolher o que a inovação parece (especialmente quando sua decisão beneficia diretamente a China). Não se enganem, estamos prontos para lutar e vencer – esta batalha está apenas começando.

Teste de howey não aplicável ao XRP

A Ripple emitiu a criptomoeda XRP em 2012. Ao contrário de Bitcoin e Ethereum, que receberam confirmação de não ser uma segurança durante a posse de Jay Clayton, a SEC tem relutado em classificar outras criptomoedas.

No caso da Ripple, no entanto, as grandes quantidades de XRP mantidas pela Ripple Labs devem ser um espinho em seu lado. A empresa detém cerca de 6,4 bilhões de XRP. Ela também vende regularmente a criptomoeda ao público a partir de uma conta caucionada que detém outros 48 bilhões de XRP. A este respeito, o controverso “Howey Test” e sua aplicabilidade às criptomoedas provavelmente será o foco da ação judicial.

Entretanto, a noção legal da Ripple afirma que o teste Howey não pode ser aplicado ao XRP de forma alguma, pois não há “contrato” equivalente a um “contrato de investimento”

Não temos conhecimento de um único caso nos mais de 70 anos desde Howey que tenha encontrado um contrato de investimento sem um contrato ou privacidade entre o comprador e o vendedor. Aqui, a grande maioria do comércio de XRP ocorreu no mercado secundário, totalmente independente da Ripple, sem contrato ou privacidade com a Ripple.

Além da Garlinghouse, que afirmou que a ação judicial não terá impacto no “próspero ecossistema XRP”, Yoshitaka Kitao também se pronunciou. O presidente da gigante financeira japonesa SBI e membro da diretoria da Ripple declarou que a expansão conjunta na Ásia continuará:

A FSA do Japão já deixou claro que o XRP não é uma segurança. Estou otimista de que a Ripple prevalecerá na decisão final nos EUA. A SBI Holdings continua sendo uma parceira firme da Ripple, e espera expandir juntos na Ásia.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.