ADVERTISEMENT

Moedas de Privacidade como Zcash, Monero e Dash em foco: BitBay limpa

  • BitBay anunciou que o Monero será removido da plataforma.
  • De acordo com a troca, a razão para isso está na possibilidade de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.

As Moedas de Privacidade oferecem transações privadas que não podem ser rastreadas e, portanto, garantem proteção de dados e privacidade abrangentes. Alguns governos promulgaram leis para remover Monero, Dash ou Zcash das carteiras de ofertas de algumas bolsas. BitBay está agora seguindo um caminho semelhante.

BitBay Exchange remove Monero

BitBay anunciou que Monero não será mais negociável na bolsa de valores a partir de 19 de fevereiro de 2020. A carteira também será bloqueada. O calendário é o seguinte:

  • 29.11.2019 – Fim do suporte a depósitos XMR e levantamentos XMR para o tempo da rede XMR,
  • 19.02.2020 – Fim da negociação Suporte XMR e cancelamento de ordens,
  • 20.05.2020 – Data limite para retiradas XMR.

BitBay afirma que o Monero suporta recursos de anonimato que podem ser abusados. Foi decidido, portanto, bloquear a possibilidade de lavagem de dinheiro e influxos de redes externas. Monero, assim como outras moedas de privacidade como Dash ou Zcash, já foram removidas de outras moedas criptográficas pela mesma razão.

Como uma troca licenciada, BitBay deve seguir este padrão de mercado e garantir a segurança de seus usuários:

O cumprimento das normas e regulamentações de mercado nos permite oferecer aos nossos clientes segurança jurídica e comodidade na utilização da bolsa, com a participação de um sistema bancário amigável e a disponibilidade de operadores de pagamento.

Já em setembro a OKEx começou a remover Monero, Dash, Zcash e Horizon assim como Super Bitcoin da plataforma. Estas moedas criptográficas não estão em conformidade com as novas diretrizes do Financial Action Task Force, que entrou em vigor neste verão.

Botnet usa Youtube para minerar Monero

Um relatório recente da empresa de segurança cibernética ESET revela que os operadores da rede de bots Stantino usaram sites e canais do Youtube para instalar malware nos computadores dos visitantes. O malware permite que os hackers usem o poder computacional das vítimas para instalar um módulo de criptografia e obter lucro.

No total, mais de 500.000 computadores são afetados. O malware funciona discretamente e abre o gerenciador de tarefas para realizar determinadas atividades ou permanece ativo quando o computador muda para o modo de economia de energia. Como resultado, as vítimas geralmente nem percebem que seu computador está infectado por malware. Thomas Uhlemann, Especialista em Segurança da ESET, explica:

Não é surpreendente que os criminosos por trás de Stantinko estejam procurando novas maneiras de aumentar ainda mais os lucros financeiros através da botnet. A mineração de criptografia é mais lucrativa e mais difícil de rastrear do que seu antigo negócio de adware principal.

A ESET também descreve que já está em contato com o Youtube e que as páginas afetadas já foram removidas. No entanto, os usuários ainda correm o risco de uma nova rede de bots Stantino ser usada em segundo plano, pois ela está constantemente mudando e procurando novas maneiras de encontrar um novo host.

O Stantino é considerado uma das maiores redes de bots do mundo. No passado, o grupo de hackers por trás do Stantino foi capaz de registrar inúmeros roubos de dados de registro, casos de fraude e manipulação de banners publicitários em sua conta. Atualmente, o problema foi resolvido por enquanto, mas todos os usuários que usam a Internet devem ter um programa de vírus atualizado e instalar todas as atualizações regularmente.

O preço do XMR subiu +8,02% para 56,41 dólares nas últimas 24 horas.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta do nosso esboço de curso?

Last updated on

About Author

Collin Brown

Collin é um investidor Bitcoin do início da hora e um investidor de longa data no mercado de criptomoedas e forex. Ele está fascinado pelas complexas possibilidades da tecnologia blockchain e tenta tornar a matéria acessível a todos. Seus relatórios se concentram em desenvolvimentos sobre a tecnologia para diferentes criptomoedas.

Os comentários estão encerrados.

Follow us to the moon!

Send this to a friend