ADVERTISEMENT

Burger King Venezuela a aceitar Bitcoin, Ethereum, Litecoin, BNB e Tether

  • Burger King Venezuela fez uma parceria com a plataforma Cryptobuyer para aceitar pagamentos em Bitcoin, Ethereum e outras altcoins.
  • A situação econômica na Venezuela é crítica e continua a impulsionar a adoção de criptomoedas na vida cotidiana.

A cadeia de fast food Burger King firmou uma parceria que lhe permite receber pagamentos em criptomoedas na Venezuela. Os residentes do país que vivem na área da grande Caracas poderão pagar com Bitcoin, Ethereum, BNB, Litecoin, Dash and Tether. A cooperação representa um novo caso de uso no país latino-americano e foi celebrada por personalidades proeminentes do cripto-espaço.

Pague por um hambúrguer com Bitcoin, Ethereum, BNB

O anúncio mais recente refere-se inicialmente apenas a uma loja em Caracas, que está localizada no centro comercial Sambil. No entanto, o anúncio inclui a expansão da parceria comercial para as 40 lojas Burger King localizadas em todo o país. Membros proeminentes do crcripto-espaço expressaram o seu entusiasmo com a parceria. O CEO da Dash Core, Ryan Taylor, afirmou:

Estamos felizes em colaborar com a Cryptobuyer para continuar a crescer o ecossistema Dash e servir a Burger King e os seus clientes.

O CEO da bolsa de criptomoedas Binance Changpeng Zhao também ficou entusiasmado com a cooperação e enfatizou a importância da parceria. Cryptobuyer é uma plataforma de pagamento baseada no Panamá com uma posição significativa na operação de caixas eletrônicos com criptomoedas. Jorge Farias, CEO da Cryptobuyer, falou sobre a situação econômica na Venezuela e como o país apresenta uma situação ideal para a implementação de casos de uso que servem como uma alternativa ao sistema financeiro tradicional:

A Venezuela retrata uma mistura de situações que a tornam um terreno perfeito para implantar soluções de criptomoeda do mundo real, tais como hiperinflação, escassez de dinheiro, deterioração da infra-estrutura bancária e de comunicação. Os fatores, em conjunto com a iniciativa do governo de usar a criptomoeda como método de pagamento, impulsionarão o uso e a adoção dessas tecnologias de ponta, e estamos realmente orgulhosos de liderar esse impulso.

No entanto, os anúncios ainda não se materializaram. No passado, outras cadeias de fast food também se comprometeram a implementar métodos de pagamento em criptomoedas e as iniciativas não foram bem sucedidas.

A preferência dos venezuelanos pelo Bitcoin em detrimento do Petro

A declaração do CEO do cryptobuyer é importante para a compreensão do caso especial da Venezuela. O país sul-americano está em grave recessão econômica há vários anos, o que tem afetado as atividades comerciais. Além das consequências de pobres políticas econômicas, o país sofre de hiperinflação e perda de poder de compra, entre outras coisas.

Os venezuelanos tiveram que recorrer a alternativas viáveis que oferecem a confiança, a transparência e a liberdade que o governo não oferece. Por esse motivo, a Venezuela continua a estabelecer novos recordes de negociação com Bitcoin em plataformas peer-to-peer como a LocalBitcoins. Nas últimas semanas de dezembro houve um aumento de 15% no volume de negociações do BTC, aproximadamente US$ 24 milhões.

A moeda digital, Petro, lançada pelo governo, não teve o efeito desejado pelas autoridades locais. Em vez de ser uma alternativa para gerir a crise econômica, tornou-se uma ferramenta de vigilância e controle do Estado. O bitcoin continua a ser o preferido pelos venezuelanos.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

Nuestra mejor recomendación: Comprar Bitcoin, Ethereum, XRP y Cardano a eToro
Brokerddtrgegr
Etoro

✔️ Comprar 15 criptomonedas
✔️ CFD de Bitcoin con apalancamiento
✔️ Seguro hasta 20.000 euros
✔️ PayPal, SEPA, tarjeta de crédito

eToro
**= Aviso de risco: 75% das contas CFD de retalho perdem dinheiro ao negociar CFDs deste fornecedor.

About Author

Avatar

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.

Follow us to the moon!

Send this to a friend