Pilotos das Bermudas moeda digital baseada na Stellar

  • O território ultramarino do Reino Unido, as Bermudas, pilotará um dólar digital das Bermudas com base na blockchain Stellar.
  • Inicialmente, o dólar das Bermudas só poderá ser usado para comprar rum da Gosling’s Limited, enquanto está prevista a expansão para outras empresas.

Como informa o portal de notícias Coindesk, a empresa canadense Bidali irá pilotar um dólar digital das Bermudas no arquipélago do Atlântico Norte. A base técnica para o dólar digital das Bermudas será a blockchain Stellar, com apenas a popular empresa local de rum Gosling’s Limited aceitando inicialmente a moeda como parte do projeto.

De acordo com o relatório, a primeira fase do projeto está sendo coordenada pela Penrose Partners, uma empresa de consultoria canadense e bermuda. Como Eric Kryski, CEO e co-fundador da Bidali explicou, ele espera que o dólar das Bermudas possa ser expandido para outras empresas nas Bermudas.

Bermudas – um local ideal para a experimentação da moeda digital

A Bidali já vem explorando as Bermudas desde 2018 como uma forma de trazer pagamentos em criptomoeda para o mercado. Kryski liderou em um post de blog que 60.000 pessoas são suficientes “para demonstrar o uso significativo da produção antes de escalar para ambientes mais sofisticados”.

As Bermudas, por sua vez, têm se apresentado como uma jurisdição atraente para o espaço cripto desde 2018, depois que o governo aprovou o Digital Assets Business Act (DABA), que cria uma caixa de areia para a inovação de ativos digitais.

Denis Pitcher, assessor principal da Fintech para o Premier E. David Burt, destacou que as Bermudas não têm acesso a plataformas de pagamento alternativas, como PayPal ou Square, portanto a solução tem o potencial de conectar as Bermudas ao sistema financeiro global. “Nosso objetivo é tentar que o dólar das Bermudas seja digitalizado em todas as blockchains públicas”. Então, os mercados e os cidadãos descobrirão qual é a melhor solução”, disse Pitcher à CoinDesk.

Em linha com isso, Kryski disse que eles não forçarão uma solução para o país. O arquipélago já experimentou no passado com moedas estáveis, incluindo a USD Coin (USDC) emitida pelo consórcio CENTRE, que poderia ser usada para pagar impostos. Pitcher concordou com a Kryski, afirmando:

Não é nossa posição dizer qual tecnologia vai resolver o problema. É nossa posição de analisar quais são os riscos e como nos certificamos de que eles sejam gerenciados. … Seus clientes podem querer poder pagar em USDC ou podem querer pagar em uma variedade de ativos. Portanto, trata-se de permitir esse tipo de escolha.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.