Parceiros Visa com Ethereum startup para se conectar a 60 milhões de comerciantes

  • A Visa fez uma parceria com a Circle Internet Financial, a empresa por trás do USDC stablecoin de $2,9 bilhões.
  • A parceria permitirá aos emissores de cartões de crédito Visa selecionados integrar pagamentos em USDC, podendo utilizá-la para 60 milhões de comerciantes.

A gigante global de cartões de crédito Visa fez uma parceria com a Circle Internet Financial, a empresa por trás da stablecoin USD Coin (USDC). A Visa emitirá um cartão de crédito que permite às empresas enviar e receber pagamentos em USDC diretamente, revelou a empresa.

Enquanto a própria Visa não guarda a moeda estável, a parceria verá a Circle trabalhando com a Visa para ajudar a integrar o software USDC em suas plataformas e enviar e receber pagamentos USDC. A Circle aderiu ao Programa Visa Fast Track, o chefe da criptomoeda da Visa, Cuy Sheffield, disse à Forbes.

O programa dá às empresas fintech acesso chave na mão aos parceiros de ecossistema, APIs e kits de ferramentas de mercado da Visa, e permite a emissão de cartões de crédito Visa. O próprio Circle se formará no programa Fast Track no próximo ano, permitindo que a Visa emita um cartão de crédito que permite às empresas enviar e receber pagamentos USDC diretamente de qualquer empresa usando o cartão.

Sheffield observou: “Este será o primeiro cartão corporativo que permitirá que as empresas possam gastar um saldo de USDC”. E por isso pensamos que isto aumentará significativamente a utilidade que a USDC pode ter para os clientes comerciais da Circle”

A parceria irá beneficiar pagamentos de USDC a mais de 60 milhões de comerciantes, dando início a uma nova era de crescimento para a moeda estável. A USDC lançada em setembro de 2018 é agora a segunda mais valiosa moeda estável, depois da Tether. Com um limite de mercado de US$ 2,9 bilhões, é a 13ª criptomoeda mais valiosa do mundo.

Apesar do aumento do limite de mercado, a utilidade da USDC nos pagamentos tem sido mínima. A nova parceria com a Visa está procurando mudar isso. De acordo com as estimativas da Visa, 120 trilhões de dólares em pagamentos são feitos anualmente através de cheques e transferências eletrônicas instantâneas. Estes pagamentos custam US$ 50 cada, independentemente do tamanho do pagamento.

A USDC poderia revolucionar este mercado, permitindo transferências quase instantâneas por alguns centavos, disse Sheffield à Forbes. De acordo com Mike Novogratz, esta é uma notícia de grande atualidade para todo o mercado criptográfico.

A pegada da Visa na indústria de criptomoedas

A parceria Circle é a mais recente para a Visa, com o gigante dos cartões de crédito ganhando uma presença crescente na indústria da criptomoeda. Como informou a Crypto News Flash, a empresa está planejando integrar os pagamentos Bitcoin, Ethereum e Ripple.

Em fevereiro deste ano, a Coinbase se tornou a primeira empresa de criptomoedas ‘pure-play’ a tornar-se membro principal da Visa. Esta parceria levou ao lançamento do Cartão Coinbase nos Estados Unidos há um mês. Como Coinbase revelou, os clientes dos EUA podem agora gastar criptomoedas em todos os lugares onde os cartões Visa são aceitos. A bolsa americana está incentivando seus usuários ao permitir que eles ganhem 4% de volta em recompensas em criptomoeda pelo uso do cartão.

Além do Círculo, a Visa tem a bordo 25 carteiras de criptomoedas em seu Programa Fast Track. Estas carteiras poderão agora integrar pagamentos em USDC. Além das parcerias, a Visa também se tornou um investidor ativo em startups de criptomoedas. A empresa mergulhou seus dedos dos pés na indústria no ano passado, liderando uma rodada de financiamento de US$ 40 milhões da Série B em Anchorage. A empresa constrói uma infra-estrutura de custódia e armazenamento de criptomoedas.

Sheffield explicou o modelo da Visa:

Continuamos a pensar na Visa como uma rede de redes. Redes em cadeia e moedas estáveis, como USDC, são apenas redes adicionais. Portanto, pensamos que há um valor significativo que a Visa pode proporcionar aos nossos clientes, permitindo-lhes ter acesso a eles e permitir que eles gastem em nossos comerciantes.

About Author

Steve has been a blockchain writer for four years, and a crypto enthusiast for even longer. He is most excited by the application of blockchain to solve the challenges facing developing nations.

Os comentários estão encerrados.