ADVERTISEMENT

O que é Tron (TRX)? – Guia e Roteiro para Principiantes

O que é Tron?

De acordo com o Whitepaper, o Tron é um protocolo baseado em blockchain de código aberto que visa criar um sistema de compartilhamento de conteúdo distribuído para a indústria do entretenimento e o futuro das plataformas de mídia social distribuídas.

Como os fundadores enfatizam várias vezes no Whitepaper do Tron, o projeto tem como objetivo reviver a idéia original da Internet como inventada por Tim Berners-Lee. Em vez de ser um instrumento de algumas grandes empresas, como a Google, o Facebook e a Amazon, que utilizam a Internet para os seus próprios fins e ganham bilhões de dólares, a Internet deveria voltar a ser um espaço livre, justo e transparente. Para tal, será desenvolvida uma plataforma Web 4.0.

Os usuários poderão carregar o conteúdo compartilhado diretamente, sem a necessidade de um intermediário como YouTube, Facebook ou Instagram. A plataforma peer-to-peer do Tron elimina assim os intermediários. As empresas que atualmente têm todo o seu modelo de negócio baseado em dados do usuário são privadas de poder sobre os dados externos do usuário. Ao mesmo tempo, os utilizadores da rede são pagos pelas suas contribuições e conteúdos sem que terceiros sejam envolvidos. Além disso, evita-se a censura e a manipulação e cria-se uma maior transparência.

A moeda criptográfica Tronix (TRX)

A moeda oficial do TRON é a TRONIX. Você pode encontrar o preço atual do TRX em nossa página de gráfico. Assim como a Ethereum ou a EOS, todas as transações da Tronix são registradas através de um ledger público e podem ser rastreadas através do Tron Explorer.

A TRX é usada para votar nos Super Representantes e para obter a largura de banda. Quando um usuário congela um TRX de si próprio, ele recebe Tron Power (TP), com o qual ele pode votar em um super-representante.

Em princípio, as transações na rede Tron são gratuitas. É importante notar, no entanto, que cada conta na rede só é permitida uma transação gratuita a cada 10 segundos para “assegurar o bom funcionamento da rede”. A largura de banda é necessária para enviar transações com mais frequência.

1 TRX corresponde a 1.000.000.000.000.000 Sun (homenagem ao fundador Justin Sun). Um sun congelado corresponde a um ponto de banda, que é constantemente calculado a partir do valor do saldo congelado (em dias).

A oferta total da TRX é de 100 bilhões de TRX, com 34.251.807.523,9 TRX em posse da Tron Foundation e permanecendo congelada até 1º de janeiro de 2020.

O fundador do Tron: Justin Sun

O fundador e CEO do TRON, Justin Sun, é parecido com Vitalik Buterin da Ethereum, a personalidade central da Tron. Justin Sun é um protegido de Jack Ma, o fundador do Alibaba. Ele foi escolhido pessoalmente por Jack Ma para estudar na sua Universidade de Hupan. Esta é uma das razões pelas quais existem rumores de que a Alibaba e a Tron poderiam concluir um acordo de cooperação no futuro.

Além disso, Justin Sun já aterrissou na lista da Forbes China “30 abaixo de 30” em 2015, e na lista da Forbes Ásia “30 abaixo de 30” em 2017. Uma razão para isso foi certamente que o ainda jovem Sun já fundou o chinês Snapchat, o aplicativo Peiwo, que tem mais de 10 milhões de usuários na China. No entanto, ao contrário da Alibaba, ficou claro desde o início, com o aplicativo Peiwo, que a Peiwo seria integrada na plataforma Tron e que atrairia 10 milhões de potenciais utilizadores da TRX. Isso já aconteceu em fevereiro de 2018.

Roadmap do Tron

Ao contrário de muitos outros projetos blockchain, o Tron está planejando projetos de longo prazo. O desenvolvimento da plataforma acontecerá em seis fases entre 2017 e 2023. Estas fases são:

  1. Êxodo: Criar um compartilhamento de arquivos simples e distribuído baseado em uma solução similar ao IPFS.
  2. Odisséia: Criação de incentivos econômicos para criar conteúdo e reforçar a rede.
  3. Grande Viagem: Criando oportunidades para lançar as OICs no Tron.
  4. Apollo: Possibilidade dos produtores de conteúdos emitirem moedas pessoais (moedasTRON 20).
  5. Star Trek: Fornecimento de uma plataforma descentralizada de jogos e previsões (semelhante à Augur).
  6. Eternidade: Monetização baseada no crescimento da comunidade.

Atualmente (outubro 2018) O Tron está na fase “Odisséia”. Em particular, o objetivo desta fase era tornar disponível e operacional o modelo de Proof of Stake do Tron.

A Delegated Proof-of-Stake do Tron/Super Representantes

A Delegated Proof-of-Stake do Tron (DPoS) é mais paracida a EOS DPoS. Os proprietários do token TRX têm o direito de votar nos produtores do bloco (“Super Representantes“) proporcionalmente à sua propriedade. Os 27 candidatos com mais votos serão eleitos como Super Representantes (SR). A escolha ocorre diariamente, a cada 6 horas, em que os SRs não competem entre si para a criação de um bloco (como a Bitcoin), mas sim um após o outro.

Cada vez que um Super Rep terminar a produção de blocos, ele receberá uma recompensa de 32 TRX. A rede de protocolo TRON gera um bloco a cada 3 segundos, resultando em um total de 336.384.000 TRXs anualmente concedidos aos 27 Super Representantes.

O que é a Máquina Virtual Tron?

A Máquina Virtual Tron (TVM) é utilizada para executar e testar aplicações descentralizadas na blockchain. A TVM foi oficialmente lançada em 30 de agosto de 2018. Isso deu aos desenvolvedores a oportunidade de desenvolver contratos inteligentes em várias linguagens de programação e implantar aplicativos. De acordo com o Medium Post o “TVM é uma máquina virtual leve, uma máquina completa que foi desenvolvida para o desenvolvimento do ecossistema TRON. A TVM tem como objetivo fornecer a milhões de desenvolvedores globais um sistema de desenvolvimento em blockchain personalizado que seja eficiente, amigável ao desenvolvedor, estável, seguro e fácil de otimizar”.

Atlas de Projetos – TRON integra o BitTorrent

O Tron causou foi uma sensação em junho de 2018, quando anunciou a compra do pioneiro do compartilhamento de arquivos BitTorrent. Com o BitTorrent, o Tron recebeu uma plataforma que pode contar com mais de 100 milhões de usuários ativos, que podem ser potenciais usuários do TRX no futuro.

Alguns meses após a aquisição, Justin Sun apresentou o “Atlas Project”, que visa conectar o Tron à rede peer-to-peer da BitTorrent. O BitTorrent deve receber um mercado de tokens na qual a TRX serve como meio de pagamento e as pessoas podem trocá-los por serviços. O objetivo é criar um sistema de incentivos para acelerar a transferência de dados a longo prazo.

Os utilizadores que carregam dados (“Seeding”) devem receber um incentivo financeiro para o fazer durante um período de tempo mais longo. Downloaders (“Leecher”) devem ser capazes de oferecer TRX, a fim de obter os dados desejados mais rapidamente. Toda a rede deve tornar-se maior e mais rápida. No entanto, é importante saber que o modelo de token é opcional e não precisa ser usado pelos usuários.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Libertex ribbon

Follow us to the moon!

Send this to a friend