ADVERTISEMENT

O crash do Ethereum questiona a sustentabilidade dos mercados DeFi

  • O colapso do preço do Ethereum (ETH) fez com que cerca de 600 milhões de dólares saíssem do sector DeFi desde meados de fevereiro.
  • A volatilidade do mercado criptomoedas sublinha a vulnerabilidade do sector de DeFi.

Março e finais de fevereiro foram devastadores para o mercado criptomoedas. O Bitcoin e as principais criptomoedas sofreram perdas significativas. A criptomoeda número um em termos de capitalização de mercado perdeu cerca de 50% do seu preço, caindo de cerca de $8.000 para $3.700. Este crash repentino ocorreu em 12 de março com efeitos negativos em todo o mercado de criptomoedas.

O Ethereum: Cerca de 600 milhões de dólares saem do sector DeFi

O Ethereum também sofreu com o colapso do mercado. A criptomoeda registou ganhos constantes em janeiro. No dia 1 de janeiro, o preço do ETH era de 127 dólares e subiu para o seu máximo anual de 285 dólares no dia 13 de fevereiro. No entanto, com o aumento da incerteza sobre a expansão da COVID-19, também aumentou a volatilidade do mercado. Como resultado, o preço do ETH também caiu cerca de 58% num único dia, caindo de $194 para $109 dentro de 24 horas.

Quando a ETH atingiu o seu máximo anual em 2020, o mercado DeFi também atingiu o máximo de um ano no valor total de 1,23 bilhões de dólares. O crash repentino, porém, causou simultaneamente uma crise no sector DeFi. O mercado DeFi perdeu cerca de 600 milhões de dólares e, à época da publicação, tinha um valor total de apenas 588 milhões de dólares, um nível que o mercado DeFi tinha atingido pela última vez no primeiro semestre de 2019, como mostra o gráfico abaixo.

Ethereum ETH

Source: https://defipulse.com/

Esta queda de 58% no preço da ETH fez com que plataformas como a MakerDAO sofressem uma falha no seu protocolo. Como o preço caiu drasticamente, combinado com um atraso na rede do Ethereum, numerosos mutuários viram as suas Collateralized Debt Positions (CDP) liquidadas por 100% do seu valor.

Naquela época, o CEO do ShapeShift.com, Erik Voorhees, respondeu às críticas da comunidade sobre as vulnerabilidades no sector de DeFi. Voorhees disse que Bitcoin ainda mantinha a sua posição como uma loja de valor e o mercado de DeFi permaneceu vivo, apesar de ter tido um dia ruim. Voorhees disse:

Nos próximos meses o mundo vai ver o que significa anti-frágil.

O sócio gerente da empresa de investimentos Multicoin Capital, Tushar Jain, questionou essa afirmação e foi crítico em relação à sustentabilidade do mercado DeFi. Jain afirmou o seguinte via Twitter:

Preocupa-me que a DeFi não possa ser sustentável se todo o ecossistema puder ser liquidado em menos de 24 horas. Isso foi um risco real hoje.

Resta saber se a incerteza sobre a COVID-19 vai continuar nos próximos meses. Se a volatilidade continuar a aumentar, o mercado de DeFi poderá voltar à sua vulnerabilidade. Se a confiança dos investidores for totalmente perdida, o ecossistema pode tornar-se completamente insustentável, como afirma Jain.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

About Author

Avatar

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.

ProfitFarmers

Send this to a friend