Morgan Stanley licitará $440M para participar da maior bolsa de Bitcoin

  • O Morgan Stanley, um dos principais bancos de investimento dos EUA, está alegadamente licitando até US$ 441 milhões para adquirir uma participação em Bithumb, a segunda maior bolsa da Coréia do Sul.
  • Isto vem poucos dias depois que relatórios surgiram revelando que o Morgan Stanley se tornou o primeiro grande banco americano a dispor de fundos Bitcoin para seus clientes.

O banco de investimento americano Morgan Stanley está apostando tudo em criptomoedas. Há poucos dias, surgiram relatos de que estava lançando três fundos Bitcoin para seus clientes, o primeiro banco americano a dispor de tal produto. Agora, o banco está alegadamente licitando para adquirir uma participação na Bithumb, uma das mais renomadas bolsas de criptomoedas do mundo.

A Bithumb foi lançada em 2014 e cresceu para se tornar uma das principais trocas de criptomoedas da Ásia. Com mais de oito milhões de usuários, é também uma das maiores. De acordo com um relatório da agência local Aju News, a Morgan Stanley está em negociações com um dos proprietários da bolsa, Vidente, para adquirir uma participação. A Vidente, cujas ações são negociadas na Korea Exchange, possui cerca de 10,3% da Bithumb Exchange.

A empresa também possui 34,2% da Bithumb Holdings, a empresa matriz da bolsa. Isto faz dela a maior acionista da bolsa. Um relatório de mais um estabelecimento, a Naver, revelou que a Morgan Stanley planeja bifurcar entre 300 e 500 bilhões de coreanos ganhos (US$ 254 milhões a US$ 441 milhões) para a aquisição. A aquisição valorizaria a troca em US$ 2 bilhões.

Uma fonte anônima disse ao estabelecimento: “A razão pela qual a Morgan Stanley usou a Vidente foi porque entendeu que a Vidente tem o direito de negociar uma venda preferencial para adquirir a Bithumb Holdings” Os relatórios da aquisição já enviaram as ações da Vidente em ascensão na Bolsa da Coréia. O outlet revelou que as ações subiram 16,41% em relação ao dia anterior de negociação.

Wall Street está assumindo o criptomoedas?

Bithumb já foi a maior bolsa da Coréia do Sul, mas a Upbit assumiu o comando desde então. Nas últimas 24 horas, a Bithumb processou US$ 1,8 bilhões em volume de negociação, com a Upbit fazendo US$ 8,9 bilhões. Uma das razões pelas quais a Bithumb perdeu seu lugar é o drama da propriedade aparentemente sem fim. Há alguns meses, havia rumores de que a troca estava em processo de aquisição pela Nexon, uma gigante japonesa do jogo. No entanto, um dia depois, Vidente refutou os relatos.

A Morgan Stanley poderia finalmente dar ao intercâmbio a estabilidade e a reputação de que necessita para estar novamente no topo. O banco é um dos mais respeitados gestores de riqueza do mundo, com sua unidade de gestão de riqueza administrando mais de US$ 4 trilhões em ativos.

A aquisição também marcaria mais um exemplo de um gigante de Wall Street expandindo sua presença na indústria da criptomoeda. A Morgan Stanley também fez parceria com a Galaxy Digital e a NYDIG para oferecer três fundos Bitcoin, como informou a CNF.

Estes movimentos podem ser o catalisador que Wall Street precisam para mergulhar ainda mais na indústria da criptomoeda. Devin Ryan, um analista de pesquisa de ações da JMP Securities observou recentemente que outros bancos poderiam temer perder para a Morgan Stanley.

Atualmente, 30 trilhões de dólares em ativos de varejo nos EUA ainda não têm acesso direto ao Bitcoin. Com o Morgan Stanley e outros bancos que em breve estarão disponíveis para utilizar os serviços Bitcoin, isto está destinado a mudar, observou o analista.

Fazendo algumas suposições, com uma exposição de ativos relativamente modesta de 5% de uma carteira, isto por si só representaria $1,5 trilhão de capital incremental em bitcoin, que é maior do que seu atual limite de mercado.

About Author

Steve has been a blockchain writer for four years, and a crypto enthusiast for even longer. He is most excited by the application of blockchain to solve the challenges facing developing nations.

Os comentários estão encerrados.