ADVERTISEMENT

Litecoin se integra com a rede Incognito para permitir transações anônimas

  • A rede incógnita permite transações anônimas com a Litecoin usando o token pLTC.
  • Os usuários receberão endereços LTC temporários para operar com a rede Incognito.

A comunidade Litecoin (LTC) tem uma alternativa para fazer transações anônimas enquanto esperam pela implantação do protocolo MimbleWimble. Através da rede Incognito, os usuários da Litecoin poderão fazer transações seguras e privadas.

Em um post para o fórum do Incognito, Aaron Ahmadi explica que eles apoiarão as transações privadas da Litecoin com o token pLTC. Dessa forma, as transações ocorrerão através da rede Incognito usando a carteira Incognito para receber fundos no LTC.

Estes fundos são trocados para o pLTC na proporção de 1:1 e podem ser trocados a qualquer momento, de acordo com Ahmadi. Quando a troca do pLTC para o LTC é feita, as primeiras tokens são queimadas para liberar as segundas para a carteira do usuário. Ahmadi acrescentou:

Ao utilizar seu LTC na rede Incognito, você não precisa mais se preocupar com sua privacidade. Ninguém pode te perseguir. Ninguém pode saber seu saldo ou em que você o gasta. Nenhum governo opressivo pode vigiá-lo ou confiscar seus fundos.

Detalhes sobre a integração da Litecoin com a Incognito

Os usuários receberão um endereço temporário quando operarem com a Incognito. Este endereço é criado como parte do processo de “blindagem” usado pela plataforma Incognito para permitir transações com um ativo. Quando um ativo passa por este processo, é criada uma “ponte de confiança” que trata da custódia e troca dos fundos.

Além do acima exposto, Ahmadi esclarece que uma “ponte de confiança” cunha uma “versão privada” da blockchain da criptomoeda, neste caso, Litecoin, e a “moeda” na rede Incognito. Para cunhar a blockchain, é criada uma carteira de custódia multi-sigestão que armazena as moedas de privacidade (pLTC) e as criptomoedas”blindadas”.

Para provar que os fundos contidos na carteira são armazenados a uma paridade 1:1, uma prova de recibo é emitida e enviada ao usuário confirmando que os novos tokens foram cunhados. Na imagem abaixo pode ser visto como funciona o processo de blindagem na rede Incognito e sua integração com a Litecoin.

Litecoin LTC

Fonte: https://we.incognito.org/t/how-trusted-bridges-work/8600

A integração com o Incognito corresponde à visão original do inventor da Litecoin, Charlie Lee:

Quero fazer é para que os usuários não tenham que se preocupar em abrir mão de sua privacidade financeira usando a Litecoin. Mesmo que você não esteja fazendo nada ilegal, você não quer que as pessoas saibam quanto dinheiro você tem ou qual é o seu salário.

Como relatado pela CNF, a comunidade Litecoin está ansiosa para a implantação do protocolo MimbleWimble. Em uma atualização do desenvolvedor líder, David Burkett, foi declarado que o MimbleWimble será lançado em algum momento em 2021 trazendo mais privacidade e fungibilidade à Litecoin.

Além disso, o CEO da IOHK Charles Hoskinson declarou que eles tiveram reuniões frutíferas para aumentar a interoperabilidade entre Cardano e Litecoin. O método de integração entre Litecoin e Cardano poderia ser aplicado à IOTA, entretanto, o CEO da IOHK declarou que há complicações adicionais na criação de um método de integração com a IOTA.

About Author

Avatar

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.

ProfitFarmers