ADVERTISEMENT

IOTA lança a versão alfa do Chronicle para adoção industrial

  • O permanode “Chronicle” foi lançado ontem pela Fundação IOTA numa versão alfa.
  • A Fundação IOTA espera que mais casos de uso industrial sejam construídos sobre o Tangle como resultado do lançamento alpha do Chronicle.

Em setembro do ano passado, a Fundação IOTA anunciou a solução permanente oficial para o armazenamento permanente de todas as transações da IOTA. Seguiu-se ontem a versão alfa, que agora é baseada em Rust e oferece algumas novas características. O permanode é particularmente destinado a empresas e instituições governamentais que precisam armazenar todas as transações permanentemente ou por um certo período de tempo mais longo.

O pano de fundo é que todos podem salvar os dados no IOTA Tangle e torná-los verificáveis por terceiros gratuitamente. Para os operadores de nós, entretanto, os requisitos de armazenamento podem se tornar um problema em algum momento. Os requisitos de memória também podem ser um problema na Internet das Coisas (IoT), onde os dispositivos de baixo nível operam com recursos limitados. Por esta razão, a IOTA fornece instantâneos locais que permitem que os proprietários de nós excluamos transações antigas e mantenham o seu banco de dados emaranhado pequeno.

O IOTA Chronicle irá impulsionar os casos de uso industrial

Entretanto, no ambiente empresarial, os dados podem precisar ser armazenados por longos períodos de tempo. Na Alemanha, por exemplo, os dados financeiros devem ser mantidos por mais de 10 anos. Considerando o caso de uso de identidades descentralizadas, os dados têm até mesmo que ser armazenados durante a vida útil da identidade, como Jake Cahill da Fundação IOTA descreve no novo post do blog:

Por exemplo, considere o caso de uma transação que contém um documento de identidade descentralizada (DID). Um usuário compartilha esse DID com um governo para solicitar uma carteira de habilitação. Entretanto, quando o governo procura o DID no Tangle, ele pode não estar mais disponível e o pedido pode ser negado.

A fim de permitir este tipo de casos de uso, a Fundação IOTA desenvolveu o DID permanente. Chronicle é a solução oficial da Fundação IOTA. Ela possibilita aos proprietários de nós armazenar e consultar todas as transações da IOTA em um banco de dados rápido, seguro, escalonável e distribuído. A versão alfa anunciada ontem estabelece assim outra importante pedra fundamental para a adoção da IOTA no setor de empresas industriais, declarou Cahill:

Agora, com este novo lançamento, os parceiros corporativos podem usar uma versão mais estável de nossa estrutura de armazenamento descentralizado Chronicle. Prevemos que mais caixas de uso industrial possam ser construídas sobre o emaranhado como resultado deste lançamento.

A novidade sobre a versão alfa lançada ontem é que ela foi portada da linguagem de programação Erlang para Rust. Isto criou a base para a interoperabilidade com futuros projetos da IOTA como Bee e um ambiente de programação seguro. Além disso, a versão alfa do Chronicle é lançada com uma interface de linha de comando (CLI) que permite a criação de um modo permanente em minutos.

Os usuários avançados também podem usar a estrutura para criar as suas próprias soluções e fazer configurações específicas para a empresa: quanto tempo as transações são mantidas, qual solução de armazenamento é usada e que tipo de dados são armazenados. Uma futura versão do IOTA Chronicle também introduzirá um painel de controle na web para facilitar ainda mais a utilização.

O que torna o Chronicle único é a capacidade dos membros da comunidade e até mesmo das empresas de oferecer os dado Tangle como uma “consulta como um serviço”. Como a Fundação IOTA declarou em setembro, com alguns pequenos desenvolvimentos adicionais, os proprietários dos nós podamo ser habilitados a ganhar dinheiro exigindo fichas IOTA para acessar dados históricos do Tangle.

Last updated on

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Follow us to the moon!

Send this to a friend