IOTA em conversas com parceiros dos EUA, incluindo o governo sobre o passaporte de vacinação

  • A Fundação IOTA está em discussões com parceiros americanos, incluindo o governo sobre um passaporte de vacinação baseado na identidade IOTA.
  • Como parte de sua nova estratégia comercial, a fundação IOTA está se concentrando em alguns grandes parceiros, tais como Dell e Zebra, para criar um “efeito de ondulação” em adoção.

Já na quarta-feira Dominik Schiener realizou uma AMA, no qual ele deu uma visão profunda sobre a estratégia de adoção da Fundação IOTA. Apesar de seu significado, numerosas declarações receberam pouca atenção, razão pela qual a CNF ouviu mais uma vez o AMA. Além da estratégia de adoção ao nível empresarial, destacou-se em particular uma declaração do co-fundador da IOTA sobre a Identity da IOTA.

Enquanto Schiener revelou que a versão beta completa do protocolo de identidade será divulgada em breve, ele também revelou que a IOTA está trabalhando em um passaporte de vacinação que está sendo discutido com os parceiros americanos e até mesmo com os círculos governamentais.

Nosso protocolo de identidade está ficando muito próximo de obter uma versão beta completa. E o passaporte de vacinação é um dos – eu diria – subprojetos em que estamos trabalhando atualmente, e estamos muito engajados com os parceiros americanos, inclusive com o governo. Portanto, penso que nas próximas semanas veremos como e que papel a IOTA pode desempenhar no passaporte de vacinação para alguns desses países.

Adoção da IOTA a nível empresarial

Em termos de adoção por grandes empresas “com milhares de funcionários”, Schiener elogiou que esses gigantes têm “processos claros sobre como as coisas funcionam”. Além disso, eles frequentemente têm departamentos específicos para inovação que estão lá para experimentar novas tecnologias. A IOTA está “ainda nesta fase de experimentação”. Mas o foco é estar pronto para a produção para que estes produtos sejam habilitados”, declarou Schiener, enfatizando que a construção de relações com grandes empresas é um processo longo:

Agora, quando se trata de grandes empresas, o ciclo de inovação não é como na criptomoeda, onde as coisas cotidianas estão mudando. As empresas estão acostumadas a ciclos anuais de produtos longos. […] Normalmente desde um primeiro contato até um NDA, um Non Disclosure Agreement, é cerca de seis meses, às vezes pode ser mais rápido.

Além disso, o co-fundador da IOTA delineou que a IOTA mudou sua estratégia de adoção de empresas no ano passado para se concentrar em algumas poucas empresas de grande porte a fim de dar o pontapé inicial:

Mas a construção de relacionamentos leva tempo e no ano passado tomamos a decisão de não nos concentrar mais na adoção de alto nível, mas realmente ir fundo com parceiros corporativos e fazê-lo com algumas poucas empresas que realmente conhecemos, acreditamos na IOTA e onde realmente pensamos que estes casos piloto podem nos ajudar a aumentar ainda mais a conscientização e a adoção da IOTA.

É por isso que realmente nos concentramos muito na cooperação com a Dell, é por isso que trabalhamos muito próximo da Zebra, com um monte de outras que ainda não foram anunciadas.

Expandindo isto e respondendo a uma pergunta sobre como a Fundação IOTA planeja trazer grandes empresas para a rede como “parceiros de infra-estrutura”, disse Schiener:

Acho que a maneira como elas vão funcionar é que uma ou duas grandes empresas anunciam que precisaram de tokens IOTA, e isso vai causar um efeito Ripple onde outras empresas começam a perceber, antes de mais nada, que isto faz total sentido, adquirindo tokens IOTA, tendo-as como uma utilidade para seu caso de uso e tendo-as também como um investimento para você mesmo eclodir contra a inflação e também fazendo parte desta economia da máquina.

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.