IOTA apresenta rebranding: Qubic e MAM são renomeados primeiro

  • A Fundação IOTA pretende simplificar a marca dos seus produtos e mudou o nome dos três primeiros produtos para tornar a tecnologia complexa mais fácil de compreender.
  • O Masked Authenticated Messaging (MAM) e os componentes do Qubic foram os primeiros a receber um novo nome de marca.

No passado, a IOTA dificultou aos seus apoiantes e investidores a compreensão da já complexa tecnologia. A Fundação IOTA utilizou nomes para muitas funcionalidades, atualizações e novos desenvolvimentos que não podiam ser compreendidos sem muita investigação quando os ouviu pela primeira vez. Para os recém-chegados e mesmo para os iniciados na indústria da cripto, nomes como Qubic, Chrysalis, GoShimmer ou MAM não têm muito significado no início e não revelam o que está por detrás do nome.

Como foi anunciado hoje, a Fundação IOTA pretende alterar esta situação com efeito imediato, pelo que anunciou num blogue que irá simplificar os nomes dos seus produtos em resposta às reações da comunidade e dos seus parceiros. Segundo a fundação, com Hornet e Bee, e a atualização do protocolo ao Chrysalis, é uma boa altura para iniciar este processo.

Para tal, a Fundação IOTA estabeleceu princípios orientadores. Em primeiro lugar, a IOTA deve estar presente como a marca principal e, em segundo lugar, todos os nomes de produtos devem ter como objetivo refletir a função real do produto se este se destinar ao utilizador final, como, por exemplo, a carteira Trinity com a extensão “carteira”.

Além disso, os produtos devem dar aos criadores o máximo de informação possível sobre a função do produto. Por último, mas não menos importante, os nomes dos produtos devem também basear-se noutros produtos fora do ecossistema IOTA, para que o nome seja mais fácil de compreender. Os primeiros produtos “antigos” que deixarão de existir são o MAM e o Qubic.

IOTA Streams, IOTA Smart Contracts e IOTA Access

O IOTA Streams substituirá o anterior Masked Authenticated Messaging. O MAM é um protocolo multifuncional de camada 2 que pode ser utilizado para diferentes tipos de transmissão de dados (por exemplo, dados de streaming). Tal como a Fundação IOTA revelou, o protocolo, anteriormente conhecido por transações de dados anónimos no Tangle da IOTA, foi completamente revisto. Um anúncio separado sobre este assunto deverá seguir-se “muito em breve”.

Anteriormente uma parte do Qubic, agora um produto separado, são os IOTA Smart Contracts. Relativamente à mudança de nome, a Fundação IOTA afirma:

Anteriormente um sub-domínio do projecto Qubic, este será agora elevado a um projecto emblemático para lhe dar a merecida visibilidade. A funcionalidade de smart contracts é uma das características mais solicitadas na IOTA.

O terceiro novo produto do pacote é o IOTA Access. Trata-se de “um quadro de controlo de acesso e linguagem leve e altamente flexível para dispositivos com limitações de recursos, tais como dispositivos incorporados, que permitem interações homem-máquina fiáveis e seguras”.

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

About Author

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.