Grandes novidades para Ripple? Western Union quer adquirir MoneyGram

  • O Western Union fez uma oferta pública de aquisição sobre a MoneyGram, uma notícia que poderia afetar severamente a Ripple e a XRP.
  • Fontes indicam que o Western Union pode ter feito uma oferta inicial que está a ser analisada pela MoneyGram.

Um rumor indica que a gigante de pagamentos Western Union pode estar prestes a adquirir a sócia da Ripple, a MoneyGram. A Ripple fez um investimento de US$ 50 milhões na MoneyGram em 2019. Depois disso, tornou-se um dos parceiros mais importantes da Ripple ao utilizar a solução de pagamento, a On-Demand Liquidity (ODL), que utiliza o ativo digital XRP. Conforme declarado pela MoneyGram, a ODL permitiu que a MoneyGram reduzisse as suas taxas de transação em 75%.

O Western Union é uma empresa sediada nos EUA que presta serviços de transferência de dinheiro em mais de 200 países. A empresa é líder do mercado global com 17% de participação, 12,000 funcionários em todo o mundo, ativos avaliados em US$ 9 bilhões e (um) lucro operacional de US$ 1,1 bilhão.

Detalhes sobre a possível aquisição do sócio da Ripple

Os rumores sobre a aquisição têm origem numa fonte citada pela Bloomberg. Segundo a agência de notícias, uma fonte não identificada disse que o Western Union fez uma oferta pública de aquisição. A MoneyGram está a analisar a oferta da Western Union para decidir.

No entanto, note-se que esta não é a primeira vez que rumores de uma suposta aquisição da MoneyGram pela Western Union surgiram. Em 2015 também houve fortes rumores, mas ambas as empresas se encontravam numa situação económico adversa. A MoneyGram acabou a ser adquirida por uma empresa da Alibaba em 2017. A compra foi avaliada em US$ 880 milhões.

De acordo com a fonte, a compra seria uma aquisição da MoneyGram. Como resultado, poderia haver tensões entre as partes e o processo poderia desencadear uma certa animosidade. Nos anos 90, ambas as empresas pertenciam à First Data, mas a MoneyGram foi dividida sob pressão da Comissão Federal de Comércio (FTC). O regulador norte-americano instou a First Data a alienar a MoneyGram para evitar um monopólio no mercado.

Como relatado pela CNF, a Western Union já demonstrou interesse nas soluções de pagamento da Ripple no passado. Um relatório do Credit Suisse afirma que o Western Union continua a ver potencial no ativo digital e está a testar os seus casos de uso. Inicialmente pensou-se que o Western Union havia perdido o interesse devido a declarações do seu CEO, Hikmet Ersek, que disse que a empresa opera o seu próprio sistema de transferência que é mais eficiente do que o XRP. Mas isso foi refutado pelo relatório do Credit Suisse.

No entanto, os detalhes e a confirmação da aquisição têm de ser aguardados. Como mencionado, pode haver uma grande adoção da ODL e da XRP quando ela for incorporada à Western Union, mas a empresa também pode optar por reestruturar a MoneyGram. No final, a compra poderia ser uma estratégia da Western Union para eliminar a sua concorrência.

No final, resta saber quais as implicações decorrentes da possível aquisição da MoneyGram pela Western Union. Para a Ripple, as aquisições poderiam ser massivamente altas por um lado, mas, por outro lado, a aquisição também poderia significar uma perda de um dos seus parceiros mais importantes.

About Author

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.