ADVERTISEMENT

Etiópia lança sistema nacional de identificação baseado em Cardano

  • O Ministério da Paz da Etiópia anunciou o lançamento de um sistema de identificação nacional.
  • Relatórios locais confirmam que o sistema é baseado no Atala PRISM de Cardano.

O primeiro dos “pássaros” de Charles Hoskinson pousou na Etiópia. Nos últimos dias, o inventor Cardano tem usado repetidamente a analogia das aves para os próximos anúncios. E como o Ministério da Paz da Etiópia anunciou ontem via Facebook, um sistema de identificação nacional parece ser a primeira “grande notícia”.

Como informou a CNF, John O’Connor, Diretor de Operações Africanas da IOG, provocou o maior desdobramento de blockchains do mundo na África há duas semanas. O’Connor disse que a IOG está na fase final de um contrato governamental na Etiópia para trazer vários milhões de usuários para a blockchain Cardano. Também foi vazado anteriormente que se trata de uma solução de identidade digital.

O post no Facebook agora parece uma confirmação da notícia, embora a mensagem esteja em amárico, o idioma oficial da Etiópia, e assim carrega alguma barreira linguística, além de inicialmente não mencionar IOG e Cardano.

O Atala PRISM de Cardano é a tecnologia de base

De acordo com o Ministério da Paz, o primeiro teste piloto foi concluído com sucesso esta semana sob o slogan “Um Homem é Um” O sistema armazena informações pessoais básicas (nome completo, data de nascimento, sexo, nacionalidade e endereço atual), bem como dados biométricos (foto, impressões digitais e globos oculares). “Este sistema pode ser usado para verificar a identidade de uma pessoa não apenas com um cartão, mas também com um sistema biométrico com a ajuda da tecnologia digital”, diz o anúncio.

O ministério também anunciou que “vários prestadores de serviços integrarão seus sistemas com este sistema básico para que possam servir seus clientes de forma segura e rápida”. Estão em andamento consultas com as partes interessadas para mobilizar ainda mais os recursos necessários para implementar o sistema ao nível nacional”.

Os cidadãos do país africano aparentemente só precisam tirar uma foto via smartphone e inserir os dados necessários em seu dispositivo para se registrarem. Como um incentivo, o governo etíope está oferecendo uma recompensa financeira pelo registro. Um comentarista afirmou:

A identidade auto soberana não é emitida pelo governo. Ela é dada a uma pessoa. Uma vez que você se registra usando seu telefone celular (com sua foto tirada pela câmera de seu telefone) você já está no sistema e a única coisa que resta é que as entidades governamentais certifiquem suas reivindicações.

Mas este processo de certificação pode ser adiado para os cidadãos. Isso é para que os cidadãos certifiquem uns aos outros, através de seus kebeles, Idirs, igrejas e amizade e família. Ao incentivar o processo de certificação do cidadão (ou seja, pagando uma pequena quantia por cada verificação correta e punindo as tentativas de enganar) qualquer pessoa com um telefone celular equipado com câmera pode ganhar dinheiro ao embarcar em outros que não têm telefone celular.

Como inúmeros comentários no Facebook confirmam na cobertura local, o sistema subjacente é o software Atala PRISM, baseado em Cardano. A tecnologia IOG é uma solução de identidade descentralizada que permite que as pessoas possuam seus dados pessoais e interajam com as organizações de forma transparente, privada e segura.

Entretanto, a confirmação da IOG e do CEO Charles Hoskinson ainda está pendente.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

ProfitFarmers ribbon