ADVERTISEMENT

Ethereum: Buterin exige alternativa depois do escândalo Trump-Twitter

  • A disputa entre o presidente Donald Trump e o Twitter provocou um acalorado debate sobre a legalidade das ações do Twitter.
  • O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, expressa fortes preocupações sobre se as redes sociais centralizadas podem garantir verdadeira liberdade de expressão e liberdade de imprensa.
  • A Buterin exige uma alternativa descentralizada baseada em blockchain que ofereça verdadeira liberdade da censura.

Há alguns dias, surgiu uma disputa acirrada entre o presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, e o Twitter. A rede social havia marcado um tweet do Trump como “supostamente falso conteúdo”, baseado em fatos supostamente falsos. Trump descreveu em um tweet na terça-feira que durante as últimas eleições presidenciais as caixas de correio foram roubadas, os boletins de voto foram falsificados e até mesmo impressos e assinados ilegalmente.

Por causa da rotulagem do tweet, Trump ameaçou até fechar imediatamente o Twitter, enfatizando que o momento era propício para alternativas que realmente oferecessem liberdade de expressão e censura. O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, também concordou com esse ponto de vista.

Buterin: Redes sociais baseadas em blockchain são o futuro

Embora Buterin tenha se dissociado do conteúdo do Tweet do Trump, ele enfatiza que as redes sociais centralizadas podem influenciar a opinião política de forma direcionada e direcionar a opinião pública na direção desejada. Buterin explica que o desenvolvimento mostra claramente que uma alternativa baseada em blockchain deve ser a solução:

A longo prazo, estou pessimista quanto à capacidade das plataformas de mídia social centralizadas de se manterem altamente independentes do ambiente político do país em que estão centradas. Isto só mostra mais uma vez porque precisamos de uma alternativa.

O Twitter colocou um aviso sob o tweet do Trump destacando conteúdo perigoso ou potencialmente falso. Buterin acha esta abordagem digna de teste, mas não resolve o problema fundamental das redes sociais centralizadas:

Colocar um rótulo de alerta ao lado de um conteúdo potencialmente perigoso é exatamente o que os libertários promovem ativamente como alternativa à sua proibição direta.

O debate político atual e as ondas de censura no YouTube contra Bitcoin ou outro conteúdo baseado em criptografia ilustram o aumento contínuo da demanda por alternativas. A rede social descentralizada Minds já foi fundada em 2015 e está baseada na blockchain Ethereum. O CEO Bill Ottmann explicou que a verificação de fatos é a abordagem mais utilizada pelas grandes empresas de tecnologia como Facebook ou Twitter para ditar a verdade real.

Ele critica severamente essa abordagem, pois equipes selecionadas da mídia e da política estão engajadas em verificar os fatos, que são os que mais resolvem as opiniões críticas ao sistema:

Em termos de avisos de ‘verificação de fatos’, a abordagem da maioria das grandes tecnologias tem sido a de entregar orgs selecionados e mídia mainstream para fazer este trabalho, que está claramente sujeito a viés.

A Minds já cresceu para uma base de usuários de mais de um milhão de pessoas e atinge quase 1,5 milhões de page views por mês. O vídeo a seguir mostra em detalhes como a plataforma funciona.

Enquanto isso, Trump emitiu uma liminar legal que lhe permitirá tomar medidas ativas contra as redes sociais. Até o momento, porém, não se sabe mais detalhes.

Nuestra mejor recomendación: Comprar Bitcoin, Ethereum, XRP y Cardano a eToro
Brokerddtrgegr
Etoro

✔️ Comprar 15 criptomonedas
✔️ CFD de Bitcoin con apalancamiento
✔️ Seguro hasta 20.000 euros
✔️ PayPal, SEPA, tarjeta de crédito

eToro
**= Aviso de risco: 62% das contas CFD de retalho perdem dinheiro ao negociar CFDs deste fornecedor.
Last updated on

About Author

Collin Brown

Collin é um investidor Bitcoin do início da hora e um investidor de longa data no mercado de criptomoedas e forex. Ele está fascinado pelas complexas possibilidades da tecnologia blockchain e tenta tornar a matéria acessível a todos. Seus relatórios se concentram em desenvolvimentos sobre a tecnologia para diferentes criptomoedas.

Os comentários estão encerrados.

Suivez nous sur la Lune!

Send this to a friend