ADVERTISEMENT

Ethereum: Atualização na fase 0, centralização do PoS, ETH 3.0

  • Danny Ryan, programador do núcleo Ethereum, deu uma atualização sobre o progresso do Ethereum 2.0, fase 0 e 1, abordando várias questões, como requisitos de hardware, sharding e ETH 3.0
  • Ryan também comentou as preocupações da comunidade Ethereum sobre a centralização através da Proof of Stake e apontou contramedidas.

Agora que o terceiro Bitcoin Halving é história, a comunidade cripto está a observar o Ethereum e a sua transição para o Proof of Stake (PoS). A atualização é considerada por muitos especialistas como um evento de grande magnitude, pois a demanda por Ether (ETH) pode aumentar significativamente devido à staking.

Entretanto, como tantas vezes no passado do Ethereum, o Ethereum 2.0, fase 0 também tem que lidar com um atraso considerável. A data originalmente anunciada do final de julho, o quinto aniversário do Ethereum, também não pode ser mantida, como as últimas semanas têm mostrado. Num novo podcast, o programador do núcleo Ethereum Danny Ryan respondeu perguntas da comunidade r/ethfinance da Reddit sobre o lançamento da fase 0 e forneceu novas informações interessantes.

Ethereum 2.0: Preocupações sobre a centralização, fase 1 e ETH 3.0

Durante o podcast, Ryan explicou que atualmente a maioria dos esforços dos programadores está focada na introdução da fase 0. Entretanto, Ryan também expressou esperança de que a fase 1 possa ser lançada logo após o lançamento da fase 0, já que o seu desenvolvimento está a progredir rapidamente. Ryan também notou que enquanto um Raspberry Pi 4 pode ser capaz de lidar com a fase 0, a fase 1 pode requerer hardware mais poderoso.

Além disso, Ryan também notou que os programadores principais estão cientes das preocupações da comunidade com relação ao depósito de 32 ETH para atuar como um validador. Portanto, eles estão abertos para mais discussões após o lançamento da fase 0. Originalmente havia planos para permitir a transferência do ETH entre validadores, mas isto foi inicialmente rejeitado.

Ryan também afirmou que deveria haver “dissuasores” para evitar a centralização por prestadores de “staking-as-a-service”. Segundo Ryan, os principais programadores estão a trabalhar para garantir que toda a comunidade Ethereum esteja envolvida e que a rede seja distribuída entre o maior número possível de clientes. Haverá também penalidades para evitar a centralização para um ou alguns clientes específicos.

Outro ponto levantado por Ryan foi o tópico de sharding. Neste sentido, o programador do núcleo mencionou que aplicações similares poderiam ser executadas em um shard comum para aumentar a velocidade. Ele também sugeriu que um shard específico da DeFi não é improvável.

O tópico Ethereum 3.0, que foi levantado pela comunidade e onde alguns componentes chave poderiam ser substituídos por versões zk-SNARKS que são resistentes a quantum, foi rejeitado por Ryan e também por Vitalik Buterin. Buterin escreveu no Reddit que o acompanhava para o podcast:

No momento, sou a favor de que a estrutura básica do Ethereum nunca mais mude depois (ETH 2.0) esteja fora; apenas ajustes incrementais.

Nuestra mejor recomendación: Comprar Bitcoin, Ethereum, XRP y Cardano a eToro
Brokerddtrgegr
Etoro

✔️ Comprar 15 criptomonedas
✔️ CFD de Bitcoin con apalancamiento
✔️ Seguro hasta 20.000 euros
✔️ PayPal, SEPA, tarjeta de crédito

eToro
**= Aviso de risco: 62% das contas CFD de retalho perdem dinheiro ao negociar CFDs deste fornecedor.
Last updated on

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

Follow us to the moon!

Send this to a friend