Bitcoin, Ethereum e XRP sobem por causa da fraude PlusToken – Jacob Canfield

  • Segundo o analista Jacob Canfield, os autores da fraude PlusToken injetam capital no mercado de criptomoedas para manipulá-lo e criar um efeito FOMO artificial.
  • Bitcoin, Ethereum, XRP e outras criptomoedas subiram como resultado, afirma Canfield.

Jacob Canfield, um analista de criptomoedas , publicou um vídeo explicando porque o recente mercado de alta é falso. Canfield encontra uma ligação direta no aumento do preço do Bitcoin, Ethereum, XRP e outras  criptomoedas com o esquema PlusToken.

Como reportado pela CNF, o esquema PlusToken foi reportado em meados de 2009, quando os usuários da carteira PlusToken começaram a reportar problemas de acesso aos seus fundos. Pouco tempo depois, os fundos foram bloqueados e movidos para endereços desconhecidos. Alguns dos golpistas foram pegos pelas autoridades, mas alguns deles permaneceram ativos. Estima-se que os golpistas roubaram mais de 3 bilhões de dólares ou cerca de 200.000 Bitcoin (BTC), 790.000 Ethereum (ETH) e 26 milhões de EOS.

Criação de um FOMO artificial para aumentar o preço do Bitcoin, do Ethereum e do XRP

O analista de criptomoedas acredita que os autores do esquema manipularam o mercado com o capital obtido com o roubo. A manipulação ocorre através das bolsas de criptomoedas Huobi e OKEx. Os perpetradores têm uma forma particular de movimentar os seus bens. Primeiro movem pequenas quantias de BTC e ETH em múltiplos endereços, depois procedem à liquidação desses fundos. Canfield indica:

Eles têm actualmente cerca de 600 milhões de dólares em dinheiro, e acreditamos que foi feito nas bolsas Huobi e OKEx que estão na China, e o problema com a Huobi é que os livros de encomendas estão fechados, por isso não se pode vê-los.

Se eles estão usando seu capital para empurrar o mercado Ethereum, eles podem usar $100 milhões, $200 milhões e empurrar Ethereum de volta para 300, 500, 600, 900, 1.000, e então eles vão ter um bang muito maior de seu dinheiro.

Recentemente, ficou conhecido que os golpistas movimentaram cerca de 11.999 BTC. Graças às informações dadas pelo fundador de Primitive Crypto, Dovey Wan, e a pesquisa de Ergo, os endereços dos golpistas foram identificados. No entanto, o medo ressurgiu na comunidade de criptomoedas de que os golpistas causariam uma queda no mercado. Dias após a mudança, Bitcoin caiu 1.000 dólares em uma hora.

Canfield também falou de um esquema mais complicado de manipulação por parte dos golpistas. O objetivo, segundo Canfield, é criar um falso efeito FOMO (Fear of Missing Out) para maiores lucros:

Muitos analistas, muitos analistas realmente inteligentes acreditam que a PlusToken foi o verdadeiro grande catalisador do porquê do Bitcoin ter passado de 3.500 dólares para 14.000 dólares. Agora, como é que isso funciona? Quando todas essas pessoas estão comprando Bitcoin, estão a remover Bitcoin da oferta circulante, então é remover artificialmente mais de 1% da oferta circulante de Bitcoin.

Está a criar um FOMO artificial, esse medo de perder o Bitcoin. Você vê duas coisas. Você vê sua oferta reduzida, mas você também vê um aumento da demanda, e isso é a economia do que move o mercado. Você também acrescenta no mercado de derivativos em que, em 2018, quando vimos aquela queda maciça no início de 2019, vimos shorts em alta porque eles acreditavam que isso iria descer até $1.000. Então, quando nós quebramos 4.000 e todas essas pessoas estão comprando FOMO Bitcoin, Ethereum e EOS para tentar entrar nesses mercados, isso cria uma pressão artificial de compra.

Além disso, o analista afirma que não houve nenhuma mudança significativa nas estatísticas do Google. Normalmente, nos mercados de alta, o Google regista um aumento no número de pessoas que procuram “Bitcoin”, “Bitcoin price” e “buy Bitcoin”.

Resta saber se a teoria de Canfield será testada nos próximos dias. Abaixo você pode ver o vídeo completo do analista Jacob Canfield:

Siga-nos no Facebook e Twitter e não perca mais nenhuma notícia quente! Gosta dos nossos índices de preços?

About Author

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.