ADVERTISEMENT

Cardano: IOHK lança servidor de metadados ‘Smash’

  • A publicação do servidor de metadados ‘Smash’ serve para melhorar a descentralização da blockchain Cardano.
  • O Smash é inicialmente hospedado pela IOHK, mas pode ser adotado pela comunidade.

Através de um novo post no blog, a IOHK, a empresa de desenvolvimento por trás da Cardano, introduziu o novo componente do ecossistema chamado “Smash”. O Smash é um servidor de metadados que garante que as informações sobre cadas stake pools sejam relevantes e válidas. O objetivo do IOHK é garantir, na medida do possível, que a influência de maus atores, tais como atacantes potenciais, pools falsos e trolls, sobre o sistema seja minimizada.

Segundo a IOHK, a descentralização dos nós é um elemento chave para o sucesso de Cardano. Entretanto, a fim de acompanhar as informações dos stake pools e simplificar a escolha de um grupo para os delegados, é crucial que os dados sejam válidos. Portanto, o Smash foi desenvolvido, um servidor que dá suporte aos operadores e proprietários de ADA, validando as informações sobre os stake pools e armazenando-as como metadados.

Em termos concretos, o Smash trabalha de tal forma que cada pool de participações é registrado juntamente com os meta-dados necessários para o cálculo das recompensas. Isto inclui os dados do proprietário, o nome do pool, o ticker do pool, a página inicial e uma breve descrição que não é armazenada blockchain. “Portanto, é importante tornar estas informações visíveis e acessíveis”, diz IOHK. O Smash também tem as seguintes tarefas:

Além de garantir que os stake pools registradas sejam válidos, o servidor de metadados do Smash ajuda a evitar a duplicação de nomes de ticker ou marcas registradas, e garantir que eles não apresentem conteúdo que os usuários Cardano provavelmente considerem ofensivo. Considerando que golpes, trolls e comportamentos abusivos são uma parte infeliz da vida on-line, tivemos que encontrar uma maneira de filtrar atores potencialmente problemáticos fora do campo de jogo.

Se forem detectados maus jogadores, eles serão removidos da Daedalus. As razões que são levadas em conta “incluem conteúdo ilegal ou malicioso de metadados, personificação, o uso de nomes de ticker que foram previamente registrados no Testnet Incentivado (quando este não é o mesmo pool/operador de participação), violações de direitos de propriedade intelectual ou pools de participação que não estão mais ativos”

O que é o Cardano’s Smash?

Um servidor Smash pode agregar, recuperar e armazenar metadados do Stake Pool. A primeira geração do Smash é fornecida e hospedada pela IOHK. As informações do Smash servem para a carteira da Daedalus e foram previamente coletadas off-chain recuperadas de cada stake pools individualmente, “o que exigiu muitas conexões de rede e afetou o desempenho”.

Embora o Smash seja inicialmente centralizado na IOHK, ele não será capaz de fornecer uma solução centralizada. Entretanto, o código do servidor Smash é de código aberto para que possa ser usado por qualquer pessoa. Neste sentido, a IOHK espera:

Portanto, esperamos que no futuro, a abordagem Smash seja adotada pela comunidade para metadados descentralizados. A Daedalus permitirá que os usuários configurem qualquer servidor de sua escolha e naveguem em listas de estacas personalizadas – por exemplo, piscinas de caridade, piscinas de metal nu, ou piscinas de uma determinada região para titulares de ada que prefeririam apoiar negócios de estacas com um foco particular.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.