Cardano: IOHK desenvolve hardware de autenticação e anti-falsificação

  • A Universidade de Wyoming e o IOHK estão pesquisando uma solução de hardware para autenticação e anti-falsificação que utiliza o Cardano.
  • A solução será um chip especial que atua como módulo de hardware seguro e pode realizar operações criptográficas.

A cooperação entre a Universidade de Wyoming e a empresa responsável pelo desenvolvimento do Cardano, Input Output Hong Kong (IOHK), está começando a dar frutos. O CEO da IOHK, Charles Hoskinson, relatou em um vídeo em seu canal no YouTube sobre a pesquisa que a empresa está realizando em conjunto com a universidade.

Em meados de fevereiro, a CNF relatou a doação de $500.000 da IOHK para a Universidade de Wyoming. A doação teve como principal objetivo apoiar a promoção de aplicações inovadoras de blockchain utilizando contratos inteligentes. Além disso, foram anunciados detalhes do estabelecimento de um novo centro de pesquisa que faz parte do Laboratório de Blockchain Research and Development Laboratory da universidade de Wyoming.

Desenvolvimento de solução de autenticação usando Cardano (ADA)

Em seu vídeo, Hoskinson destacou a importância da autenticação e anti-falsificação para a indústria. Como ele explicou, há soluções que surgiram ao longo dos últimos 15 anos para ambas as questões da cadeia de suprimentos. No entanto, segundo Hoskinson, elas não são realmente “amigáveis”. Neste contexto, a IOHK e a Universidade de Wyoming estão investigando o desenvolvimento de um chip com um propósito específico. De acordo com Hoskinson, o chip será um módulo de hardware seguro que pode realizar operações criptográficas:

Basicamente, a idéia é que você tenha circuitos seguros que sejam antiviolação. Quando você está manipulando-o, é difícil tirar coisas desse chip, elas estão isoladas do resto do sistema operacional. Basicamente, você pode usar isso para armazenar e usar chaves privadas. Estes chips, uma vez projetados, podem ser muito pequenos e também podem ter coisas como NFC ou RFID todo tipo de antena legal que eles podem fazer e são extremamente baratos de se fazer (…).

Hoskinson explicou que os chips também podem ser usados para atribuir, armazenar e transmitir assinaturas de sinais. A Universidade de Wyoming, como dito, vai trabalhar no desenvolvimento desta solução de hardware. Seu papel, segundo Hoskinson, será o de explorar os requisitos técnicos e comerciais por trás da construção de tal chip. Uma vez terminada a lista desses requisitos, os parceiros entrarão em uma etapa de projeto do protótipo.

A Hoskinson continuou a dizer que todo o trabalho será open source e a IOHK pretende utilizá-lo no ecossistema Cardano. Nesse sentido, a “Solução Strawman” será utilizada juntamente com o padrão multi-asset que a Cardano implementará em sua era Shelley ou Goguen. A transição para a era Shelley começará em 11 de maio com o lançamento do tesnet Haskell, como Hoskinson explicou mais uma vez:

O que faremos é emitir um token de autenticação e isso será feito com um papel especial que será cumprido na cadeia de suprimentos, vamos chamá-lo de o Autenticador. Quando você cria (um produto), em algum lugar da cadeia de suprimentos, o chip será inserido (no produto). Em seguida, o autenticador, na cadeia de suprimentos, examinará (o produto), o histórico e quando estiver satisfeito dirá ‘ok, tudo bem’ e emitirá uma transação que enviará um dos tokens de autenticação para o TPM (Trusted Platform Module).

Hoskinson disse que a proposta do IOHK mudaria o problema de uma situação de um para muitos para uma situação de um para um. Isto representa um progresso em si mesmo, de acordo com a Hoskinson. Além disso, ele enfatizou que este é um grande projeto que exigirá um esforço conjunto com a Universidade de Wyoming. Portanto, ele espera que o desenvolvimento do projeto se estenda para além de 2020.

O representante do 1º Distrito da Casa do Wyoming, Tyler Lindhold, referiu-se ao progresso que o IOHK tem feito com a Universidade do Wyoming. Lindholm ficou entusiasmado e orgulhoso do progresso que está sendo feito na Universidade de Wyoming.

Abaixo você pode assistir o vídeo completo de Charles Hoskinson explicando o projeto:

About Author

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.