ADVERTISEMENT

Cardano: Hard fork para travamento de tokens a partir de meados de dezembro

  • O próximo evento de combinador de hard fork para Cardano ocorrerá em meados de dezembro e implementará o travamento do token.
  • O travamento de token será a base para contratos inteligentes e a criação de ativos, além do ADA

A IOHK, a empresa de software por trás do desenvolvimento da Cardano (ADA), informou ontem em um post de blog sobre o próximo combinador de hard fork em meados de dezembro. Isto introduzirá a função de travamento de tokens e levará a rede principal a mais um passo em direção à era Goguen. Internamente esta etapa de desenvolvimento também é conhecida como Allegra, cujo nome vem da filha de Lord Byron.

Após a integração dos metadados na Mainnet, a integração do bloqueio simbólico será a próxima grande atualização para Goguen. Segundo a IOHK, esta é uma mudança técnica relativamente pequena no protocolo de consenso, o que tem um impacto menor no livro razão real. Entretanto, ela é significativa porque prepara a plataforma para contratos inteligentes e criação de ativos, além do ADA.

O que é o bloqueio de tokens Cardano?

Como Kevin Hammond, desenvolvedor de software da IOHK, explica, o travamento de tokens é “uma forma de registrar que uma token específica está sendo usada para um determinado propósito”. O travamento neste caso significa que um certo número de tokens é “reservado” por um certo período de tempo para que não possam ser vendidas para obter uma vantagem.

Isto pode ser, por exemplo, uma votação ou a execução de um contrato inteligente. A Hammonds compara o processo de bloqueio simbólico com a obtenção de dividendos de ações:

Podemos comparar isto com a obtenção de dividendos a partir de ações. Uma pessoa que compra ações de uma empresa pode ser recompensada com um dividendo dos lucros da empresa. Vamos assumir que este dividendo é pago no final de cada ano civil e requer que o acionista tenha mantido suas ações durante todo o ano.Se eles vendessem algumas de suas ações no final de novembro, perderiam todos os dividendos por essas ações para aquele ano. Eles celebraram um contrato condicional com o fornecedor de ações que lhes dá algo de valor (aqui, um dividendo) em troca de deter uma token específica (aqui, uma ação) por um determinado período (neste caso, um ano civil completo).

O bloqueio de tokens é, portanto, indispensável para a realização de contratos inteligentes complexos. Além disso, o bloqueio de tokens é também um componente importante para a quinta e última fase de desenvolvimento de Cardano, Voltaire, pois fornece a base para o futuro mecanismo de votação.

Sob o mecanismo Voltaire, que será usado pela primeira vez na votação do projeto Catalyst, os titulares da ADA que desejam participar da votação devem “trancar” alguns ADAs. Isto provará que os indivíduos têm um certo número de votos, enquanto o titular pode continuar participando da staking.

A introdução do travamento por tokens ocorrerá nos bastidores para os portadores do ADA, já que as carteiras da Daedalus e Yoroi serão automaticamente atualizadas. Entretanto, os nós da rede devem baixar e instalar a nova versão do código a fim de “concordar” e chegar a um consenso.

Seguir-se-á um combinador de hard fork mais difícil

De acordo com a Hammonds, após a implementação do sistema de travamento de tokens em meados de dezembro, em breve se seguirão outros eventos de combinadores de hard forks para multi-activos e outras funções inteligentes de contrato. Com o passar do tempo, isto lançará as bases para a criação de tokens nativos na blockchain Cardano:

Estamos nos estágios finais de testes de qualidade e iniciaremos o processo de implantação do testnet este mês, com a expectativa de passarmos para a rede principal em meados de dezembro. Durante 2021, haverá mais atualizações usando o combinador – o suporte a vários equipamentos está chegando – à medida que a plataforma Cardano continua a cumprir seu potencial.

About Author

Jake Simmons

Jake Simmons tem sido um entusiasta de criptomonedas desde 2016, e desde que ouviu falar sobre Bitcoin e tecnologia blockchain, ele tem estado envolvido com o assunto todos os dias. Além das criptomoedas, Jake estudou ciência da computação e trabalhou por 2 anos para uma startup no setor de blockchain. Na CNF ele é responsável pelas questões técnicas. Seu objetivo é tornar o mundo consciente das moedas criptográficas de uma forma simples e compreensível.

Os comentários estão encerrados.

ProfitFarmers

Send this to a friend