ADVERTISEMENT

Bullish para Bitcoin: JPMorgan diz aos investidores que a BTC é a próxima grande coisa

  • O JPMorgan apresenta uma perspectiva em alta para Bitcoin, já que o BTC ganha importância como versão 2.0 de ouro.
  • A capitalização do mercado de Bitcoin deve aumentar 10 vezes para igualar a do ouro.

A bitcoin parece estar seguindo uma trajetória ascendente semelhante à de 2017, quando atingiu um pico histórico de preço de 20.000 dólares. Atualmente, a primeira criptomoeda por capitalização de mercado está registrando ganhos de quase 80% ao ano até hoje. Superando o ouro e o mercado tradicional. As instituições tomaram nota e os níveis de adoção do BTC parecem estar em um recorde.

Uma nota da JPMorgan para seus clientes, de acordo com um relatório Business Insider, apresenta um cenário de maiores lucros para a Bitcoin, pois se consolida como uma versão digital de ouro. Sob esta premissa, empresas como a Square e a MicroStrategy fizeram da Bitcoin parte de sua estratégia para mitigar os efeitos das medidas do Federal Reserve dos EUA e se proteger da inflação em dólares americanos. JPMorgan diz:

O potencial a longo prazo para o bitcoin é considerável, pois compete mais intensamente com o ouro como uma moeda “alternativa” que acreditamos, uma vez que a Millenials se tornaria ao longo do tempo um componente mais importante do universo dos investidores.

Os Milleniais levarão o Bitcoin a novos patamares

A JPMorgan ainda considera o Bitcoin como um bem incipiente. Nesse sentido, acredita que a capitalização de mercado da criptomoeda é pequena em comparação com a do ouro. Com US$ 2,6 trilhões em cap de mercado para o mercado físico do ouro, a Bitcoin é quase 10 vezes menor e registra cerca de US$ 240 bilhões em cap de mercado.

Isto pode mudar quando “milenares” se tornam mais importantes no mercado. Um relatório do Kraken de intercâmbio afirma que isto acontecerá dentro dos próximos 10 anos. Pelo menos 1% dos 68 trilhões de dólares que os milênios herdarão irá para tecnologias emergentes. A esse respeito, a JPMorgan acrescenta o seguinte:

Até mesmo uma modesta tiragem do ouro como moeda “alternativa” a longo prazo implicaria a duplicação ou triplicação do preço do bitcoin.

A instituição bancária reconhece que o bitcoin poderia se tornar mais do que apenas uma nova versão do ouro. Isto será sustentado pelo nível de adoção que as criptomoedas terão nos próximos anos. Muito mais comerciantes poderiam aceitá-las como meio de troca (MoE). O anúncio do PayPal de adicionar criptomoedas a seus serviços está destinado a desempenhar um papel importante nesse sentido. JPMorgan diz:

As criptomoedas agregam valor não apenas porque servem como lojas de riqueza, mas também devido à sua utilidade como meio de pagamento. Quanto mais os agentes econômicos aceitarem as criptomoedas como meio de pagamento no futuro, maior será sua utilidade e seu valor.

As previsões em alta do JPMorgan são particularmente interessantes devido à posição pública que o banco assumiu em relação ao BTC. Três anos atrás, o CEO do JPMorgan, Jamie Dimon, disse que não estava interessado no Bitcoin e classificou-o como um ativo irrelevante. O tempo forçou o banco a mudar sua posição. No futuro, o JPMorgan pode estar entre as instituições que adotam o “padrão Bitcoin” e o adicionam às suas reservas financeiras.

About Author

Avatar

Reynaldo Márquez tem acompanhado de perto o crescimento da tecnologia Bitcoin e blockchain desde 2016. Desde então, tem trabalhado como colunista em criptomoedas cobrindo avanços, quedas e aumentos no mercado, bifurcações e desenvolvimentos. Ele acredita que as criptomoedas e a tecnologia blockchain terão um grande impacto positivo na vida das pessoas.

Os comentários estão encerrados.

ProfitFarmers

Send this to a friend